Categories
Turismo

Volta ao passado: uma charmosa livraria em Viena

A maioria dos leitores frequentes de livros reconhece vantagens nas superlivrarias. Enormes, elas oferecem uma variedade incrível de títulos. Mas esses leitores não preferem uma livraria dessas. Vêem nelas certa frieza, uma manipulação capitalista demais para interferir nas compras dos clientes.

As pequenas e tradicionais livrarias podem ser pobres em títulos disponíveis, mas esbanjam um outro tipo de riqueza: o lado humano. Tudo bem, ainda assim está o comércio acima de tudo. É um negócio, afinal. Mas há também a personalização. A amizade conquistada com o proprietário. A confiança mútua. A livraria não oferece no momento o livro que você tanto deseja? Terão de fazer um pedido e aguardar alguns dias? Sem problema. Você está mais confortável ali.

Eu também prefiro a intimidade das pequenas livrarias. Mas elas são cada vez mais raras, engolidas pelas gigantes. Por isso eu fiquei encantado em Viena, Áustria, há poucas semanas. A caminho da Casa de Mozart, eu fiz uma descoberta que me levou de volta ao passado.

Primeiro, estranhei as pessoas no exterior do prédio, de pé ou sentadas no chão. Um som doce de música erudita vinha do interior. Que lugar era aquele? Ao perceber que era uma pequena livraria, fiquei encantado. Fui atraído magneticamente. Lá estava a 777 Bücher, em uma área histórica da cidade (observe as pedras na rua!).

Livraria em Viena: 777

Clientes e atendentes viviam uma confraternização. Eles conversavam. Conviviam. Escolhiam livros. Discutiam. Apreciavam as músicas tocadas ao vivo, enquanto bebiam vinho. Eu tive de piscar os olhos várias vezes para acreditar que estava mesmo no frio século 21.

A livraria era pequena, mas a grandeza humana que os clientes encontravam lá dentro parecia ser do tamanho de toda a Áustria.

777: livraria em Viena

 

Onde fica

Interessado em conhecer esse charmoso lugar pessoalmente? O endereço é Domgasse, 8. Fica a poucos metros da Casa de Mozart (sim, um dos locais onde Mozart morou, e podemos visitar – escreverei sobre isso).

Para facilitar sua vida, localize a livraria agora mesmo direto no Google Mapas.

Note a proximidade entre a livraria e a Casa de Mozart (Mozarthaus).

 

Horários

  • Domingo: fechada.
  • De segunda a sexta-feira: 10h às 19h.
    • Exceção: quarta-feira, 10h às 21h.
  • Sábado: 10h às 16h.

By GLAUCO DAMAS

Moro em Portugal. Atuo como autor desde 2001. Publiquei livros infanto-juvenis, inclusive pela Editora Saraiva. Em 2013, surgiram o primeiro livro técnico e o primeiro guia de viagem.

Deixe um comentário