Categories
Turismo

Visita à Biblioteca de Alexandria: tesouro incalculável

O moderno também existe no turismo pelo Egito… e abriga um tesouro cultural incalculável

Livros. Papiros. Pergaminhos. Manuscritos. O tesouro cultural que uma biblioteca pode conter é incalculável. Imagine então quando se trata de uma superbiblioteca com acervo que chega a ser milenar: a moderna BIBLIOTECA DE ALEXANDRIA.

Alexandria, no norte do Egito, atrai multidões de turistas. É para lá que nós vamos agora. Mostrarei a você a estrutura da biblioteca e como é a visita. Com muitas fotos, é claro, porque isso é característico aqui no blog.

Adora ler? Ama livros? Pegue logo uns exemplares, talvez também seus óculos de leitura, e venha comigo.

A moderna Biblioteca de Alexandria

O passado e o presente

Antes de mostrar a biblioteca, preciso esclarecer um detalhe.

Glauco, eu espero que seja sobre esse “moderno” que você ressalta aqui. Por que “moderno” se falamos da famosa Biblioteca de Alexandria? Como isso poder ser moderno?

Porque é moderno. Muito moderno.

A histórica Biblioteca de Alexandria não existe mais. Uma grande pena! Imagine se ela ainda estivesse de pé, pronta para nos receber, como as Grandes Pirâmides e tantos templos no Egito.

A nova biblioteca é um caso recente. A proposta para a construção surgiu nos anos 70 do século passado, mas foi só em 2002 que aconteceu a inauguração — após um investimento milionário, inclusive com capital estrangeiro.

Já sei! A atual biblioteca é uma reconstrução da antiga.

Não. Nem está no mesmo lugar (mas está próxima de onde ficava a outra). E você poderá constatar que não é uma reconstrução ao ver, nas fotos abaixo, a arquitetura moderna da atual biblioteca. Linda, aliás. Bem diferente da original, mas mantendo os mesmos princípios culturais e educacionais.

A versão antiga é o que chamamos de Biblioteca de Alexandria. As pessoas referem-se à nova popularmente pelo mesmo nome, mas o correto é BIBLIOTECA ALEXANDRINA. Ou, na escrita oficial, Bibliotheca Alexandrina.

Venha ver o exterior do prédio.

Área externa

Por curiosidade, começo mostrando a rua da entrada, inclusive o que há no lado oposto.

Rua da Biblioteca de Alexandria.
Lado oposto da rua, em frente à entrada da Biblioteca de Alexandria.
Em frente (lado oposto).

Agora, finalmente, olhamos para a impressionante fachada da enorme construção que é a moderna Biblioteca de Alexandria.

(Artigo continua após este recado.)
Turismo no Egito? Conheça o Meu Egito. Eu mesmo, G. DAMAS, lá recomendo os melhores guias de turismo egípcios — aqueles em quem eu mais confio. Em um destino exótico e complexo como esse, a sua viagem está nas mãos dos guias. Por isso, tenha preocupação com qualidade. Para saber mais, siga depois AQUI.

Área externa de acesso à Biblioteca de Alexandria.
Área externa de acesso à Biblioteca de Alexandria.
Área externa de acesso à Biblioteca de Alexandria.
Área externa de acesso à Biblioteca de Alexandria.
Área externa de acesso à Biblioteca de Alexandria.
Observe o nome: Bibliotheca Alexandrina.

Antes de cruzarmos a porta de entrada, exploramos a grande área a céu aberto que apresenta bem no meio um busto de Alexandre, o Grande. Claro que os visitantes tiram fotos ali.

Área externa na Biblioteca de Alexandria, com o Busto de Alexandre, o Grande.

Observe o busto ali no fundo, sobre uma coluna.

Vamos nos aproximar:

Busto de Alexandre, o Grande
Busto de Alexandre, o Grande
Busto de Alexandre, o Grande
Busto de Alexandre, o Grande

Enfim, entramos. Aqui está o acesso:

Entrada da Biblioteca de Alexandria.

Bilhetes de entrada

A visita começa com a compra do bilhete (sim, turistas pagam para entrar, e isso é justo, principalmente devido ao grande número de pessoas).

É importante ter bom-senso aqui. Há modalidades diferentes de bilhete.

Não gaste dinheiro à toa. É muito improvável que você consiga uma visita mais profunda. Recomendo, então, a compra de um bilhete básico, para conhecer o essencial. Até porque a visita a Alexandria costuma ser evento de um dia nos roteiros de viagem, sem dormir na cidade (vai e volta a partir de Cairo). Portanto, é preciso dividir com sabedoria a manhã e a tarde para ver os pontos essenciais de Alexandria.

Bilhete de entrada para a Biblioteca de Alexandria.
Bilhete (básico) de uma de minhas visitas à Biblioteca Alexandrina (2017).

Interior

Deslumbrados, constatamos que o moderno também pode existir de forma exemplar no Egito. O moderníssimo projeto de engenharia e de arquitetura impressiona as pessoas mais exigentes.

A estrutura pode abrigar 8 milhões de livros. A sala de leitura principal estende-se por 20 mil metros quadrados, em 11 níveis em cascata, sob um teto de painéis de vidro que se abrem em direção ao mar, como um relógio de sol, permitindo luz natural. Há um centro de conferências e áreas especializadas em mapas, em multimídia, em deficientes visuais, em jovens e em crianças. Encontramos também 4 museus, 4 galerias de arte dedicadas a exibições temporárias, 15 exposições permanentes, um planetário e um laboratório de restauração de manuscritos.

Uau! Eu vou me perder lá dentro!

Por isso citei a importância de não deslumbrar-se a ponto de achar que vai conhecer tudo. Economize no ingresso.

Mesmo que eu limite a visita… eu posso me perder lá dentro. Como programar? Aonde ir primeiro?

Aí vem a sua salvação. Um guia do museu aparece para guiar um pequeno grupo de turistas. Você deve estar ali no meio. Em uma visita expressa, ele levará as pessoas direto aos pontos essenciais, alguns deles mostrados nas fotos a seguir.

No interior da moderna Biblioteca de Alexandria.
No interior da moderna Biblioteca de Alexandria.
No interior da moderna Biblioteca de Alexandria.
No interior da moderna Biblioteca de Alexandria.
No interior da moderna Biblioteca de Alexandria. Sala de leitura principal.
No interior da moderna Biblioteca de Alexandria.
No interior da moderna Biblioteca de Alexandria.
No interior da moderna Biblioteca de Alexandria.
No interior da moderna Biblioteca de Alexandria.
No interior da moderna Biblioteca de Alexandria.
Antigas prensas de livros.
No interior da moderna Biblioteca de Alexandria.
No interior da moderna Biblioteca de Alexandria.
No interior da moderna Biblioteca de Alexandria.
No interior da moderna Biblioteca de Alexandria.
Um moderno sistema de impressão por demanda.
No interior da moderna Biblioteca de Alexandria.
Claro que o público de hoje precisa do apoio multimídia.
No interior da moderna Biblioteca de Alexandria.

Gostou?

Ah, muito e muito, Glauco!

Eu sei. E aqui fica uma dica para o final da sua visita.

Passe na livraria antes de ir embora. Sim, você pode comprar pela internet, mais tarde, ou quem sabe em uma outra livraria física, um dos livros expostos lá. Mas e o charme de saber que comprou um livro NA LIVRARIA DA MODERNA BIBLIOTECA DE ALEXANDRIA?

No interior da moderna Biblioteca de Alexandria. Livraria no interior.
A livraria. Eu comprei uns livros aqui. Também há lembranças de viagem típicas. Aproveite!

Quando visitar

A moderna Biblioteca de Alexandria abre todos os dias, o dia todo. A exceção fica para as sextas-feiras, quando ela abre apenas à tarde. Geralmente, esse dia da semana não oferece uma logística adequada para a visita. Evite.

Onde fica

Em termos de Egito, a melhor forma de localização é passar direto um link no Google Mapas.

Bons passeios… boa sorte… e boas leituras! 😉 Viva o Egito!

By GLAUCO DAMAS

Moro em Portugal. Atuo como autor desde 2001. Publiquei livros infanto-juvenis, inclusive pela Editora Saraiva. Em 2013, surgiram o primeiro livro técnico e o primeiro guia de viagem.

Deixe um comentário