Categories
Turismo

Cervejaria Trindade, em Lisboa: a mais antiga de Portugal

Chiado é uma das áreas mais agradáveis de Lisboa para turismo. Além de animado, o lugar respira História. Moro no Algarve, sul de Portugal, e vou frequentemente passear em Lisboa. O Chiado sempre fica no topo da minha lista. Em cada viagem, faço novas descobertas e revivo experiências incríveis.

Semana passada, um dia em Lisboa foi dedicado ao universo do que há de mais velho na cidade em termos de gastronomia. Primeiro, jantei no Restaurante Tavares, que é o restaurante mais antigo de Portugal e o quarto mais antigo do mundo — um ímã de celebridades portuguesas e internacionais. Pois o que eu visitei a poucos passos dali? Simplesmente, a cervejaria mais antiga de Portugal.

Uau! Glauco, a mais antiga de Portugal? Aaaaaa mais antiga?

Isso mesmo!

A cervejaria é a…

Fachada da Cervejaria Trindade

 

Cervejaria Trindade

Um pouco da história

Já é clichê dizer isso, mas vale a pena repetir. Entrar no prédio é uma viagem no tempo. Para um apaixonado por História, como eu, o coração dispara.

A história do prédio começou há oito séculos. Em 1294, ergueu-se ali o Convento da Santíssima TRINDADE dos Frades Trinos da Redenção dos Cativos. Ufa! Até cansa escrever todo esse nome!

Pois de onde surgiu esse nome tão curioso?

O nome surgiu da vocação dos seus frades de resgatar prisioneiros cristãos que estavam nas mãos dos mouros.

Ao longo dos anos, a construção passou por momentos muito difíceis. Em 1704, por exemplo, foi abalada por um terrível incêndio. Em 1755, sofreu com o famoso terramoto que castigou Portugal. Logo em 1756, após a reconstrução, houve novo incêndio. O fim do convento foi decretado em 1834, com a extinção das Ordens Religiosas em Portugal.

Em 1836, o prédio foi para as mãos de um particular, que ali fundou a primeira fábrica de cerveja em Portugal — a Fábrica de Cerveja da Trindade. Então, foi apenas um salto para surgir no local a primeira cervejaria, composta por quatro salas e um pátio. O pátio, aliás, era o local antes dedicado ao claustro do convento.

Portugueses de todas as classes sociais reuniram-se ali, comendo e bebendo do melhor na época.

 

O interior

Que tal entrarmos no convento? Ops, na cervejaria?

A decoração imediatamente prende nosso olhar. Além disso, é curioso pensar que estamos à vontade, para comer, beber e falar alto, em um espaço antes dedicado a orações, meditações e silêncio.

As duas primeiras alas foram decoradas por volta de 1860. Na primeira ala, temos o bar, com balcão e algumas mesas. A área é dedicada a quem deseja apenas beber. Vemos tetos abobadados e painéis de azulejos que representam símbolos maçônicos.

Cervejaria Trindade, em Lisboa: primeira ala, bar

Cervejaria Trindade, em Lisboa: primeira ala, bar
Daqui, vemos a segunda ala.

Cervejaria Trindade, em Lisboa: primeira ala, bar

Cervejaria Trindade, em Lisboa: primeira ala, bar
Móveis antigos dão ainda mais valor ao local.
Cervejaria Trindade, em Lisboa: primeira ala, bar
A velhice do balcão…

A partir dessa área, os espaços, cheios de antigas mesas de castanho maciço, ficam reservados a quem deseja uma refeição. Ainda não comi lá, por isso nada posso opinar sobre a qualidade gastronômica. Mas o ambiente, pelo menos, é cativante e intenso, pela História que concentra. E é muito animado, com atendimento simpático. Para dar mais clima aos clientes, alguns funcionários apresentam-se trajados como frades.

A ala logo após o bar está onde funcionava o refeitório do convento. Os painéis de azulejos nas paredes representam, em um lado, os quatro elementos da natureza; em outro, as estações do ano. (Não estranhe se você não encontrar o inverno. O painel foi destruído no século 19, durante a reabertura de uma antiga porta de ligação ao claustro.) Mais ao fundo, na Sala dos Arcos, vemos o que resta da galeria do claustro original.

Cervejaria Trindade, em Lisboa: salões no interior

Cervejaria Trindade, em Lisboa: salões no interior

Cervejaria Trindade, em Lisboa: salões no interior
Observe a roupa desse funcionário que aparece em primeiro plano.

Cervejaria Trindade, em Lisboa: salões no interior

Cervejaria Trindade, em Lisboa: salões no interior

Cervejaria Trindade, em Lisboa: salões no interior

Cervejaria Trindade, em Lisboa: salões no interior

Cervejaria Trindade, em Lisboa: salões no interior

Cervejaria Trindade, em Lisboa: salões no interior

Cervejaria Trindade, em Lisboa: salões no interior

Gostou?

Adorei, Glauco! Quero rezar—ops, comer e beber nesse lugar! Passe logo as informações práticas!

Vamos lá!

 

Horário

A Cervejaria Trindade abre todos os dias, das 10h da manhã à 1h da madrugada.

 

Contacto & Reserva

Sempre é importante reservar mesa, caso queira uma refeição.

Telefones:

+351 213 423 506
e 939 900 844

E-mail:

geral@cervejariatrindade.pt

 

Localização

O endereço é Rua Nova da Trindade, 20-C, Chiado.

Facilite a sua vida: localize agora no Google Mapas.

No mapa, observe que, além do Restaurante Tavares, a cervejaria fica perto da A Severa, que eu considero a melhor casa de fado de Lisboa. E também do Bistrô 100 Maneiras, criado por Ljubomir Stanisic, um chef muito famoso aqui em Portugal.

Bom apetite! Tim-tim! E… amém!

NOTA:
Procura hotéis em PORTUGAL? Aproveite a parceria deste blog com a Booking. Vantagens costumam aparecer nas reservas. Siga aqui para conferir. (Esse é um link afiliado. Há uma pequena comissão ao blog, e isso ajuda a cobrir altos custos com servidor de qualidade, segurança, tratamento de imagens, etc. É assim que eu NÃO coloco aqui aquelas publicidades irritantes que atrapalham o conteúdo dos artigos. Por uma internet mais limpa! Eu agradeço.)

By GLAUCO DAMAS

Moro em Portugal. Atuo como autor desde 2001. Publiquei livros infanto-juvenis, inclusive pela Editora Saraiva. Em 2013, surgiram o primeiro livro técnico e o primeiro guia de viagem.

1 reply on “Cervejaria Trindade, em Lisboa: a mais antiga de Portugal”

Deixe um comentário