Categories
Variedades

Egito: descoberta tumba de princesa faraônica

Folha de São Paulo On Line publicou uma matéria muito interessante para os apaixonados pelo Grande Egito:

A tumba de uma princesa faraônica da quinta dinastia (2500 a.C.) foi descoberta na região de Abusir, 25 km ao sul do Cairo, anunciou na sexta-feira o ministro das Antiguidades egípcio, Mohamed Ibrahim.

“Descobrimos a antecâmara da tumba da princesa faraônica Shert Nebti, em cujo centro há quatro colunas de calcário”, anunciou Ibrahim. As colunas apresentam “hieróglifos com o nome da princesa e seus títulos”, acrescentou.

“Foi a missão do Instituto Tcheco de Egiptologia, ligado à faculdade de letras da universidade Carlos de Praga, que descobriu a tumba”, diz a nota do ministro.

Segundo Ibrahim, “a descoberta da tumba marca o começo de uma nova era na história das sepulturas de Abusir e Saqqara, após a exploração da parte sul da tumba.”

“Foram encontradas tumbas de empregados que não faziam parte da família real, 2 km ao norte das sepulturas dos membros da realeza da quinta dinastia”, assinalou o ministro.

Na tumba da princesa, a equipe tcheca também encontrou um corredor que começa no sudeste da antecâmara. Em sua parede, quatro aberturas levam a outras tumbas. Duas delas, do reinado de Dyedkera Isesi, pertencem a funcionários do alto escalão, e as outras duas estão sendo estudadas, segundo o chefe da missão tcheca, Miroslav Barta.

No corredor, há quatro grandes sarcófagos de calcário contendo estatuetas, entre elas a de um homem acompanhado de seu filho.

Para acessar a matéria da Folha, clique aqui.

 

By GLAUCO DAMAS

Moro em Portugal. Atuo como autor desde 2001. Publiquei livros infanto-juvenis, inclusive pela Editora Saraiva. Em 2013, surgiram o primeiro livro técnico e o primeiro guia de viagem.

1 comentário a “Egito: descoberta tumba de princesa faraônica”

Deixe um comentário