Categories
Turismo

Egito: lótus e papiro

Museu do Cairo — Egito

Sabe aquelas coisas que a gente nunca viu e se transformam em um mistério? Cabeça de bacalhau, por exemplo. Virou lenda. Quem já viu? Em um restaurante em Lisboa, vi uns peixes (abatidos) à mostra. Curioso, fiz perguntas e soube que um deles era bacalhau. Lancei o desafio ao gerente: “Mostre-me um com cabeça!”. Ele não tinha nenhum. Fica no ar aquele cheirinho de teoria da conspiração, algo a me dizer que essa tal de cabeça não existe mesmo.

Faziam parte desse “time” o lótus (flor) e o papiro, ambos intimamente ligados ao Egito. Eu sempre quis ver pessoalmente. A curiosidade por eles foi satisfeita durante minha passagem pelo Cairo. De uma vez, em um só lugar: o incrível Museu do Cairo.

Observe a foto acima. Diante da entrada do museu, essas duas plantas dão as boas-vindas aos visitantes. Na parte de baixo, lótus; na de cima, lá no meio, papiro.

Veja a flor bem de perto (uma das variedades; há outras cores):

Linda, não? Muitas pessoas consideram a flor do lótus a mais bonita do mundo. Há outros encantos que fascinam com certo mistério — eis uma das razões por que o Egito Antigo tanto se inspirou nessa planta. Por exemplo, em longevidade: há registro de suas sementes que germinaram depois de 1300 anos, após descobertas na China.

(Artigo continua após este recado.)
Turismo no Egito? Conheça o Meu Egito. Eu mesmo, G. DAMAS, lá recomendo os melhores guias de turismo egípcios — aqueles em quem eu mais confio. Em um destino exótico e complexo como esse, a sua viagem está nas mãos dos guias. Por isso, tenha preocupação com qualidade. Para saber mais, siga depois AQUI.

É “a flor da espiritualidade”. Nas antigas inscrições egípcias, aparece frequentemente como planta sagrada, proveniente do mundo dos deuses — símbolo do Sol e da Criação.

E… agora mais de perto…

…aqui está o papiro, que chega a 2-3 metros de altura. Os turistas não se limitam a ver a planta; algumas lojas de artes em papiro demonstram aos clientes, ao vivo, a produção do produto até chegar ao ponto de escrita/pintura. É o mesmo processo da Antiguidade… bem diante de seus olhos. (Há lojas e vendedores com papiro falso. Não se iluda com qualquer pessoa. Escreverei a esse respeito, com dicas sobre o local onde fiz minhas compras — bem perto das Grandes Pirâmides.)

Minha irmã assiste a uma demonstração sobre papiro em uma loja.

De várias maneiras, o EGITO sempre encanta e surpreende… … …

NOTA:
Procura hotéis em PORTUGAL? Aproveite a parceria deste blog com a Booking. Vantagens costumam aparecer nas reservas. Siga aqui para conferir. (Esse é um link afiliado. Há uma pequena comissão ao blog, e isso ajuda a cobrir altos custos com servidor de qualidade, segurança, tratamento de imagens, etc. É assim que eu NÃO coloco aqui aquelas publicidades irritantes que atrapalham o conteúdo dos artigos. Por uma internet mais limpa! Eu agradeço.)

By GLAUCO DAMAS

Moro em Portugal. Atuo como autor desde 2001. Publiquei livros infanto-juvenis, inclusive pela Editora Saraiva. Em 2013, surgiram o primeiro livro técnico e o primeiro guia de viagem.

6 comentários a “Egito: lótus e papiro”

Alo glauco vc é espetacular, adorei suas imformações e opiniões à respeito de tantos lugares espetaculares. Já conheço alguns, mas nunca tive muita curiosidade em relação ao Egito, mas depois que vi as suas informações mudei de ideia: vou conhecer sim. Parabens vc é sensacional
Rio de janeiro R J Brasil

Therezinha:

Você é que é sensacional, por deixar tantos comentários simpáticos neste blog. 🙂

A flor de lótus é um encanto.Belíssima e inspiradora!
Adorei a informação sobre os papiros falsos,não sabia, que os falsificavam.
Parabéns, seus posts sempre surpreendem!

Já dei essa volta pelo Egito, também passei pelo museu e tomei cuidado para não comprar papiro feito de fibra de banana! 🙂

É um lugar alucinante mesmo, onde viagem e história se unem perfeitamente!

Parabéns pelo belo trabalho aqui, foi um prazer divulgar vocês na lista!

Abraços e paz, Michel

Deixe um comentário