Categories
Turismo

Visite a famosa Igreja do Carmo, em Porto

IGREJA DO CARMO é um dos principais cartões postais de Porto (Portugal). Atrai tantos turistas porque a visita vai além do lado religioso. Mesmo quem não é católico gosta de ver a igreja devido à bela arquitetura que ela exibe. Os ornamentos são um convite para inúmeras fotos. Além disso, ela concentra uma rica História, e ganhou maior destaque ao ser elevada a Monumento Nacional em 2013.

Glauco, eu gosto de visitar igrejas em viagens. A Igreja do Carmo é uma das minhas prioridades. Que tal vermos em detalhes, para eu me preparar melhor?

Claro. Visite-a comigo agora mesmo. Falarei de algumas curiosidades — incluindo um detalhe surpreendente e incomum.

A Igreja do Carmo

Explorador, você caminha em uma região aonde todos os turistas querem ir, porque ali encontramos, por exemplo, a Livraria Lello (eleita uma das livrarias mais bonitas do mundo) e a Torre dos Clérigos. De repente, em uma esquina, lá está ela. Linda. Majestosa. Elegante. Como resistir àquele exterior tão rico em artes? Oh, sim, nós precisamos conferir de perto.

Conhecemos, então, em detalhes, a Igreja do Carmo, ou Igreja da Venerável Ordem Terceira de Nossa Senhora do Carmo. Foi construída no século 18, pela Ordem Terceira do Carmo, a partir de um projeto do arquiteto José Figueiredo Seixas.

Fachada e lateral da Igreja do Carmo.

Linda! Mas… Glauco… aquele azul na lateral… é mesmo o que eu penso? Os famosos azulejos de Portugal?

Sim! A belíssima arte portuguesa em azulejos. Não é apenas em Portugal que encontramos artes em azulejos. Mas vamos admitir: aqui estão os mais bonitos, os mais complexos.

Religiosidade e artes misturam-se nessa visita

Agora observe mais uma vez a foto acima. Chamarei a sua atenção para um detalhe surpreendente.

O impressionante exterior…

Em estilo barroco/rococó, são tantos os detalhes que, em uma segunda visita, descobrimos muitas outras coisas. Na parte frontal, as pessoas olham curiosas principalmente para as duas esculturas ao lado da entrada. Saiba, então, que elas representam os profetas Elias e Eliseu.

De longe, os azulejos na grande parede lateral chamam a nossa atenção. Foram adicionados em 1912. A composição, desenhada por Silvestre Silvestri e pintada por Carlos Branco, faz referência à fundação da Ordem Carmelita e ao Monte Carmelo.

Fiquei ali em frente durante vários minutos, apreciando cada detalhe.

Fachada da Igreja do Carmo.
Outra visão da fachada da Igreja do Carmo.
Mais uma visão da fachada da igreja.
Lateral da Igreja do Carmo.
Azulejos na parte externa da Igreja do Carmo.
Azulejos na parte externa lateral da Igreja do Carmo.
Detalhe de azulejos nas paredes.

É muito linda, Glauco! Que tal, agora, revelar o interior?

Antes de espiarmos o interior, preciso mostrar algo curioso. Para isso, lembre-se da foto do prédio, no início do artigo.

A Igreja do Carmo não é toda aquela construção. Ali nós vemos duas igrejas, juntinhas — ou geminadas. À esquerda, com a torre do sino, temos a Igreja dos Carmelitas Descalços, do século 17 — mais velha, portanto. A construção forma um volume único, mas diferenciam-se as duas igrejas.

Duas igrejas, lado a lado, são uma raridade em todo o mundo

Ao observarmos melhor, identificamos uma “casa” minúscula entre elas, com aproximadamente um metro de largura (!). Ela foi inserida para separar oficialmente as duas igrejas.

Isso parece estranho, Glauco. Por quê?

Primeiro, considerava-se que duas igrejas não deviam ter uma parede em comum. Segundo, e o principal motivo: quiseram evitar comunicações entre as freiras, da igreja à esquerda, e os monges, da igreja à direita.

Ver duas igrejas lado a lado é uma cena rara em qualquer país. Além desse fato curioso, temos a oportunidade de observar um pouco e comparar a evolução da arquitetura portuguesa nos séculos 17 e 18. Incrível, não?

…e o rico interior

O interior da igreja exibe retábulos desenhados por um dos maiores mestres entalhadores portugueses: Francisco Pereira Campanhã. Acentua-se, por isso, como obra de referência da estética rococó.

Interior da Igreja do Carmo. Com altar.
Interior da igreja.
Interior, lateral.
Altar.

Gostou? Pois vamos às informações práticas.

Horários

  • Segunda e quarta-feira
    • 8h às 12h
    • 13h às 18h
  • Terça e quinta-feira
    • 9h às 18h
  • Sexta-feira
    • 9h às 17h30
  • Sábado
    • 9h às 16h
  • Domingo
    • 9h às 13h30
  • Feriados
    • 9h às 12h

Lembre-se: horários podem ser alterados a qualquer momento.

Local

O endereço é Praça de Gomes Teixeira, 10.

Facilite a sua vida: localize agora direto no Google Mapas ou no Bing Mapas.

Mapa da Igreja do Carmo, em Porto
Observe como a Livraria Lello e a Torre/Igreja dos Clérigos estão perto da Igreja do Carmo.

Bons passeios!

NOTA:
Procura hotéis em PORTUGAL? Aproveite a parceria deste blog com a Booking. Vantagens costumam aparecer nas reservas. Siga aqui para conferir. (Esse é um link afiliado. Há uma pequena comissão ao blog, e isso ajuda a cobrir altos custos com servidor de qualidade, segurança, tratamento de imagens, etc. É assim que eu NÃO coloco aqui aquelas publicidades irritantes que atrapalham o conteúdo dos artigos. Por uma internet mais limpa! Eu agradeço.)

By GLAUCO DAMAS

Moro em Portugal. Atuo como autor desde 2001. Publiquei livros infanto-juvenis, inclusive pela Editora Saraiva. Em 2013, surgiram o primeiro livro técnico e o primeiro guia de viagem.

4 comentários a “Visite a famosa Igreja do Carmo, em Porto”

Nossa que linda igreja!
Já fui a Portugal uma vez, coisa rápida e nao tive tempo de ir, agora sei que perdi um super passeio.
Anotei aqui e não posso deixar de ir na próxima.

Por mais que eu conheça países, continuo a dizer que Portugal está nos “TOP 5”. Voltamos inúmeras vezes e ainda assim temos muito para ver. Mesmo ao repetirmos um passeio, conseguimos um novo olhar sobre o que já conhecíamos. É enriquecedor.

Deixe um comentário