Categories
Turismo

Lisboa quer mais turistas brasileiros e espanhóis em 2011

Lisboa, a linda e agradável capital portuguesa, recebeu a missão de atrair mais turistas brasileiros e espanhóis. De acordo com matéria do portal UOL, “o plano para o período 2011-2014 prevê um crescimento de 600 mil pernoites na aérea metropolitana de Lisboa, onde o número de turistas brasileiros aumentou em 50% no último ano com relação ao anterior. A intenção da capital portuguesa é atrair turistas [principalmente] entre 26 e 55 anos, que viajam em casal ou com amigos”.

Bom plano. Como sempre digo, o turismo é uma das maiores “indústrias” do planeta. Governos inteligentes o encaram com olhares muito atentos — e mais ainda em épocas de crise financeira.

A novidade em Portugal, aliás, não se limita a isso. Haverá a criação de uma marca internacional para Sintra, bela cidade a 30 quilômetros de Lisboa. Ela será exibida como Capital do Romantismo. Faz sentido… (Breve, aqui no blog, posts especiais sobre Sintra e Cascais.)

Para saber mais, leia a matéria publicada no UOL.

~~~~~~~~~~
Sugestões de leitura aqui no blog:

Governo de Veneza quer imposto de 1 euro ao dia… de turistas
Olá, Camões. Eu sou o Glauco.
O Oceanário de Lisboa
Tradicional passeio de teleférico em Lisboa
Dica de guia turístico para Portugal
Casino Estoril, em Portugal: Bond, James Bond
A sinistra Capela dos Ossos em Évora, Portugal
LISBOA: eleita melhor destino turístico da Europa

[hana-code-insert name=’AdSense leia mais’ /]

NOTA:
Procura hotéis em PORTUGAL? Aproveite a parceria deste blog com a Booking. Vantagens costumam aparecer nas reservas. Siga aqui para conferir. (Esse é um link afiliado. Há uma pequena comissão ao blog, e isso ajuda a cobrir altos custos com servidor de qualidade, segurança, tratamento de imagens, etc. É assim que eu NÃO coloco aqui aquelas publicidades irritantes que atrapalham o conteúdo dos artigos. Por uma internet mais limpa! Eu agradeço.)

By GLAUCO DAMAS

Moro em Portugal. Atuo como autor desde 2001. Publiquei livros infanto-juvenis, inclusive pela Editora Saraiva. Em 2013, surgiram o primeiro livro técnico e o primeiro guia de viagem.

Deixe um comentário