Categories
Turismo

10 motivos para NÃO visitar o Egito

Faraó triste e as Grandes Pirâmides ao fundo

Meu blog conquistou ampla audiência em termos de turismo no Egito. Além dos leitores cativos, muitas pessoas chegam aqui todos os dias ao pesquisarem o país no Google. Elas se encantam com as curiosidades e as dicas. Amam as fotos. Mas…

…ahn…

…hoje eu mudo o tom. Venho apresentar uma lista de dez motivos para você não visitar o Egito.

Espera aí, Glauco! Não visitar? Nãããão? Que história é essa?! Justamente você, que tanto fala com emoção sobre o Egito?

Isso mesmo. Uma lista com dez razões para NÃO visitar o Egito. Por incrível que pareça, eu fiz essa lista.

Sem enrolação, vamos logo aos itens.

Respire fundo.

.

Motivos para não (eu disse “não”!) visitar o Egito

1 – Muita, muita e muitíssima História

Em nenhum outro lugar do planeta nós conseguimos fazer uma visita com tanta História em cada metro quadrado. Aquela História mesmo, com H maiúsculo.

Pra que visitar um país desses? Ninguém deseja encantar-se com essa enorme riqueza cultural.

History

.

2 – Viver a História

Na escola, e durante toda a sua vida, em livros, filmes, documentários diversos, você viu maravilhas históricas ligadas a Grandes Pirâmides, Esfinge, Rio Nilo, Tutancamon, Vale dos Reis, Máscara de Ouro de Tutancamon, etc. De repente, o turista no Egito pode ver de perto tudo isso, e até tocar em boa parte dessas coisas.

Quem ficaria feliz com isso? Qual a graça de ver pessoalmente, de tocar, cheirar? Quem teria prazer em praticamente viver um programa do canal History ou do Discovery?

Entrar nas Grandes Pirâmides
Olha eu ali, de camisa vermelha, na Pirâmide de Quéops. (A meu lado, o guia Hadi Salah, que faz parte, comigo, do Meu Egito.)

.

3 – Um povo que ama os turistas

De modo geral, os egípcios são um povo amável e generoso. E eles AMAM os turistas (com um amor muito especial pelos brasileiros, eu devo dizer).

Ora, sinceramente! Quem é que gosta de ser bem tratado durante uma viagem?

amigos

.

4 – Os melhores guias do mundo

Conheço muitos guias de turismo, em vários países. Acho que os guias de turismo egípcios são os melhores. Costumam ser legítimos egiptólogos. E extremamente amigáveis, solícitos, comprometidos com o bem-estar e com a segurança dos clientes. Por isso, é comum os turistas manterem amizade com eles mesmo depois da viagem. Permanece um contacto, por exemplo, via Facebook ou WhatsApp.

Então vem a grande pergunta: quem, em sã consciência, deseja ser bem cuidado por um guia de alta qualidade durante a viagem? Ninguém!

(Artigo continua após este recado.)
Turismo no Egito? Conheça o MEU EGITO. Eu mesmo, G. DAMAS, lá recomendo os melhores guias de turismo egípcios — aqueles em quem eu mais confio. É uma parceria oficial. Lembre-se: em um destino exótico e complexo como esse, a sua viagem está nas mãos dos guias. Por isso, tenha preocupação com qualidade. Para saber mais, siga depois AQUI.

.

5 – Contato com a língua árabe

O árabe é uma das línguas mais bonitas, sonoras e ricas do planeta. No Egito, o contacto com ela é frequente. Turistas prestam atenção ao que os nativos falam. E até aprendem algumas coisas.

Eu aposto que você nem pensa em ter contato intenso com uma língua desse nível de beleza.

árabe

.

6 – Economia em gastos locais

De modo geral, os preços são baixos no Egito, em comparação com muitos outros países. Além disso, o câmbio ajuda. Turistas brasileiros trocam, em média, 1 real por 5/6 libras egípcias. Turistas portugueses, 1 euro para 21 libras egípcias. Com isso, os gastos locais pesam muito menos no bolso.

Economizar em uma viagem? Quem deseja economizar? Certamente, você não quer isso.

Economia de dinheiro no Egito

.

7 – Emoções em um cruzeiro no Nilo

O cruzeiro no Rio Nilo não é apenas ficar no navio. Isso, sozinho, já é emocionante. Mas é nessa parte da viagem que se fazem várias das principais visitas históricas.

É quando as pessoas conhecem o Templo de Hatshepsut, o Templo de Luxor, o Templo de Edfu, o Vale dos Reis (com a tumba e a múmia de Tutancamon), etc. Além disso, há bar e festas no navio. Lá em cima, durante a navegação, a paisagem — com alguns quilômetros de tamareiras nas margens — capta nossos olhos.

Horrível.

Cruzeiro no Rio Nilo

.

8 – O lado aquático

Visitas históricas não são as únicas estrelas do turismo no Egito. Destinos como Sharm el-Sheikh, Hurghada e Dahab surgem à vista de pessoas que apreciam mar, praia, mergulho, vida em resort.

Nada mais falo. Mostrar paisagens exuberantes, com atividades aquáticas de aventura, chega a ser uma ofensa para qualquer pessoa. Eu sei, eu entendo: você não quer nada de beleza natural.

Sharm el-Sheikh

.

9 – Terra de descobertas

Há um dinamismo incomparável no Egito. As novidades nunca param. Descobertas arqueológicas surgem o tempo todo, enriquecendo ainda mais a História e abrindo novas oportunidades turísticas. Há tantas coisas a serem descobertas que podemos dizer que isso nunca terá fim. Entre as buscas mais famosas do momento, destaca-se a procura por Cleópatra VII.

Agora pense. Uma terra vibrante, cheia de novidades, sempre pronta para impressionar mais e mais os visitantes. Pensou? Eu sei: óbvio que você rejeita isso.

Arqueólogo no Egito

.

10 – Oooh! Aaaah! Uau!

Em vários países, visitamos construções antigas e nos impressionamos com o que vemos. Concluímos que o homem fez muito para aquela época. No Egito, essas sensações vão muito além — e de um modo que nenhum outro país alcança. Ficamos TÃO impressionados que expressamos nossa admiração em tons exagerados. Vemos turistas soltarem uns “Oooooh!”, “Cooomo fizeram iiiiisso?”, “Impossível!”, “Inacreditável!”, “Meu Deus!”, “Não acredito no que vejo!”.

Eu sei. Nada disso desperta interesse. É ridículo. Ninguém sonha em ver coisas incríveis, impressionantes, belas, a ponto de tirarem a nossa respiração.

Impressionado com o Egito

.

Enfim, aí estão todos os meus alertas.

Você tinha dúvida sobre visitar o Egito? Aposto que decidiu… ahn… não visitar o país. Certo?

Tá. Sei. Sei, sei, sei… Viu, Glauco? Tô de olho nessa sua lista.

Ótimo.

Que os deuses egípcios iluminem seus pensamentos. 😉

By GLAUCO DAMAS

Moro em Portugal. Atuo como autor desde 2001. Publiquei livros infanto-juvenis, inclusive pela Editora Saraiva. Em 2013, surgiram o primeiro livro técnico e o primeiro guia de viagem.

13 replies on “10 motivos para NÃO visitar o Egito”

Ei, Glauco. Tudo bem?
O que vc me diz sobre viajar para o Egito com crianças pequenas?
Vc viu famílias com crianças nos passeios?
Parabéns pelo blog!

Nossa, cada trecho do seu texto fiquei estática de emoção, simplesmente espetacular o modo como descrevesse esse país de diversas belezas histórica, cultural e humana. Amei! Senti -me presente em terras longicuas do meu amado NE.

Oi, Dyane! Informações sobre nós, do Meu Egito, estão aqui: gdamas.com/meuegito

Olá sou novo aqui primeira vez , mas estive do 02 /a 18 de dezembro de 2018 no Egito , e moro no Brasil…Realizei um sonho antigo que seria um dia ter o previlégio de conhecer as Pirâmides e a Esfinge, mas que para mim seria impossível a tempo passados e já estava esquecida no meu psicológico até que em outubro de 2018 comprei a minha passagem é fui conhecer a terra dos Faraós e para minha surpresa me apaixonei por aquele povo ordeiro que encontrei no Egito e fiquei encantado com as Pirâmides e A Esfinge e outras coisas no Egito , espero um dia voltar ao Egito pois tenho até uns amigos que arrumei no Face, e desejo muita Paz aquele povo….Celso Paranhos …Cascavel Parana…

Encantei-me com seu texto e com seu blog. Sensacional sua forma de escrita com dinamismo e humor. Você sabe conquistar, caríssimo escritor.
Penso em visitar o Egito, mas agora, depois de ler suas “razões”, vou apressar-me. Não irei sozinha, comigo irão duas amigas. Contamos contigo. Sei que posso confiar em você e nos guias que você tanto fala.
Prabenizo-por seu blog, por seu trabalho honesto, a pela segurança que passa que tanto o dignifica.
Abraço amigo, querido escritor Glauco.
Damas. Me aguarde.

Amei esse seu post! Divertido, como aliás o seu blog, eu me informei e me diverti até junto com isso. Está ajudando com a minha viagem. Vai fundo.

BOM DIA AMIGO GLAUCO. KKKKKKK NOVAMENTE SEU TEXTO IMPRESSIONA, ATÉ CHEGUEI A LER DUAS VEZES O TÍTULO PARA NÃO ME ENGANAR. KKKKKKKK MAS TAÍ, UMA VERDADE INDESCUTÍVEL, INCONSTESTÁVEL, EGITO UMA DAS MELHORES VIAGENS DA MINHA VIDA, E DIGO ISSO COM CERTA AUTORIDADE. RECOMENDO ESSA VIAGEM PARA TODOS E TODAS AS IDADES, ALIAS, SAUDADE DO IHAB QUE NÃO NOS FALAMOS MAIS. UM GRANDE ABRAÇO, E POR FAVOR, POR FAVOR, POR FAVOR CONTINUE COM AS DICAS, INFORMAÇÕES, ATUALIZAÇÕES, NOTICIAS E TODAS AS RIQUEZAS DO TEU BLOG. UM BEIJÃO NO CORAÇÃO. LUIS GUILHERME – BRASIL.

Luís Guilherme! Um leitor, um viajante que tornou-se amigo. Sempre bom ver aqui a tua presença tão nobre!

Deixe um comentário