Categories
Turismo

O Zoológico de LISBOA

O Zoológico de Lisboa, em Portugal, aberto em 1905, é um famoso ponto turístico da cidade, por isso lotado durante todo o ano. Não sou muito atraído por zoológicos. Exagerado por animais, geralmente saio frustrado dessas visitas depois de ver tantos animais presos — e, muitas vezes, em condições que não me agradam. No entanto, em minha última visita a Lisboa, semana passada, resolvi visitar o local quase por inteiro.

Vale a pena? Vale — por isso escrevo este post. Mas, também lá, vi uns detalhes que não me agradaram.

~~~~~

HORÁRIOS

O zoológico está aberto todos os dias, das 10h às 18h. De abril a setembro, até as 20h. (Confirme horários. Sempre podem ser alterados.)

Como a área é muito grande, não vejo problemas com lotação. Por mais visitantes que haja ali, o espaço é enorme o bastante para comportar bem todo mundo. Portanto, não se preocupe se você for em um domingo de período de alta temporada.

Para ver tudo com calma, seria necessário um dia todo no zoológico. Para uma visita básica, reserve duas horas de passeio.

~~~~~

LOCALIZAÇÃO

O zoológico fica na Estrada de Benfica, 158-60. Se usar metrô (ou metro, para os portugueses), desça na Estação do Zoológico. Você saberá que está a poucos metros de lá quando passar por um viaduto cujas estruturas de baixo exibem grandes pinturas de animais (foto abaixo).

~~~~~

GASTOS

Pelo padrão europeu de preços, o valor do ingresso é meio abusivo. São 17€ para adultos. Crianças têm direito a metade.

Fica difícil bancar os gastos da visita de uma família com maior número de pessoas. Além dos ingressos, certamente haverá gastos lá dentro com bebida e comida. Bebida, no mínimo, pois o passeio é longo. Há várias lanchonetes, inclusive um McDonald’s. (Sentar a uma mesa do McDonald’s é uma grande atração à parte. A área fica junto ao ponto dos crocodilos do Nilo, separada por paredes de vidro. As pessoas comem com um enorme crocodilo bem ao lado. Escrevi um post sobre isso. Clique depois aqui para ler.)



~~~~~

ANIMAIS E PONTOS INTERESSANTES

Você verá tigres, elefantes, girafas, primatas, muitas aves, cangurus, rinocerontes, hipopótamos, etc. Visite também o show de golfinhos e focas. Uma área curiosa — e muito triste — é o cemitério de cães, cheio de túmulos e flores. Como eu ainda sofro horrores a perda de minha cachorra pastor alemão (e não pude, ainda, reparar o buraco aberto na alma), nem me atrevi a ver onde se localiza isso, porque lembranças muito ruins estragariam o meu dia.

Há um grande — e muito divulgado — jardim em formato muito bonito, mas, estranhamente, sofre de cuidados. A vários metros dele, uma área que é um tipo de bosque poderia ser um delicioso ponto de descanso e apreciação da natureza, mas está em estado precário. Há bancos quebrados, fontes secas e sujas. Concentre-se nos animais. Não perca tempo com esses outros pontos.

~~~~~

DESLOCAMENTOS LÁ DENTRO

A área é muito grande para andar. É preciso disposição física.

Uma boa ideia é pegar um tipo de comboio (trem) que circula em quase toda a área. Mas há uma ideia muito melhor: apreciar tudo por cima, em um teleférico que passa por todo o zoológico. É um passeio muito divertido… e emocionante, porque passamos poucos metros acima de rinocerontes, hipopótamos, etc.

O passeio de teleférico já faz parte do ingresso, por isso aproveite. É o melhor que se faz ali. Abaixo, alguns minutos do vídeo que gravei lá em cima.



~~~~~

Vamos repetir a pergunta do início do post: “Vale a pena?”. Sim, eu já disse. Mas, se o seu tempo for curto e você estiver indeciso entre esse ou outro passeio, provavelmente o outro será melhor. Afinal, Lisboa é uma cidade fantástica (sou apaixonado, não me canso de visitá-la), com MUITAS opções fascinantes de passeio.

Web site do zoo: www.zoolisboa.pt.

NOTA:
Procura hotéis em PORTUGAL? Aproveite a parceria deste blog com a Booking. Vantagens costumam aparecer nas reservas. Siga aqui para conferir. (Esse é um link afiliado. Há uma pequena comissão ao blog, e isso ajuda a cobrir altos custos com servidor de qualidade, segurança, tratamento de imagens, etc. É assim que eu NÃO coloco aqui aquelas publicidades irritantes que atrapalham o conteúdo dos artigos. Por uma internet mais limpa! Eu agradeço.)

By GLAUCO DAMAS

Moro em Portugal. Atuo como autor desde 2001. Publiquei livros infanto-juvenis, inclusive pela Editora Saraiva. Em 2013, surgiram o primeiro livro técnico e o primeiro guia de viagem.

6 comentários a “O Zoológico de LISBOA”

Oi, Glauco!
Um post super interessante, porém é desanimador ver animais presos.Vejo que é um belo lugar.
Ah, sorria mais, seu sorriso é música, como criança a brincar.Tua alma grita de alegria, por está perto de animais.Espero que tenhas visto animais bem tratados.
Abraço

Deixe um comentário