Categories
Turismo

Pesos de malas em vôos internos no Egito

Quando você compra os bilhetes aéreos internacionais para a sua viagem ao Egito, as regras da companhia costumam ser conhecidas. Você sabe, por exemplo, o limite de peso das malas.

Dúvidas sobre os vôos dessa viagem começam quando você pensa nos vôos internos. Provavelmente, esses vôos estão embutidos no pacote da viagem. Você não os comprou diretamente. E agora? Qual o limite de peso para as suas malas nos vôos internos pelo Egito?

A resposta é simples.

Pesos de malas em viagem ao Egito

Você tem direito a despachar uma mala de porão com até 23 quilos. E a mala de mão tem o limite de 8 quilos. Pode despachar mais que isso, é claro… se pagar pelo excesso.

Realmente simples, Glauco. Nem foge ao padrão da maioria das companhias aéreas.

Exato. Mas o assunto ainda exige um alerta e algumas recomendações.

Visitar lojas é atividade desejada pela maioria dos turistas no Egito. E lá vêm elas: lojas de papiros, lojas de produtos de alabastro, lojas de produtos de algodão, lojas de tapetes, lojas de perfumes e essências, etc. Um delírio. A gente se encanta muito e sente vontade de comprar tudo. TUDO. Tudo e ainda mais um pouquinho. Isso sem falar dos produtos que compramos de vendedores nas ruas. Afinal, os gastos locais no Egito são baixos, e ainda há o câmbio favorável ao turista.

Qual o efeito óbvio disso?

(Artigo continua após este recado.)
Turismo no Egito? Conheça o MEU EGITO. Eu mesmo, G. DAMAS, lá recomendo os melhores guias de turismo egípcios — aqueles em quem eu mais confio. É uma parceria oficial. Lembre-se: em um destino exótico e complexo como esse, a sua viagem está nas mãos dos guias. Por isso, tenha preocupação com qualidade. Para saber mais, siga depois AQUI.

Hum… Menos dinheiro no bolso?

Eu agora chamo a atenção para outra coisa: espaço em mala.

Se as malas estiverem bem mais gordas já antes dos vôos internos, você poderá ter problema. Agora imagine o final da viagem, com o acúmulo de todas as compras. Eu mesmo já passei pela questão do excesso de bagagem em uma de minhas viagens ao Egito. Tive de pagar pelo excesso de peso em meu vôo Cairo-Atenas.

E agora, Glauco? Ficou a preocupação aqui na minha cabeça! Pois eu quero comprar os tais produtos egípcios!

Calma. Eu tenho três dicas sobre isso.

Primeira: seja econômico ao fazer as malas para a ida. Deixe espaço de sobra, na certeza de que terá peso extra na volta. Antes de enfiar uma coisa na mala, pense duas, cinco, dez vezes se você precisa mesmo daquilo. E considere que, se for necessário apelar para limpeza de roupa, mandar suas peças para lavandaria em hotel ou navio no Egito não costuma ser caro como aqui na Europa. Por isso, não é absurda a idéia de levar menos roupas e mandar lavar algumas peças durante a viagem, para usá-las outra vez.

Segunda: nunca viaje sem uma balança portátil própria para malas. Você compra uma facilmente em lojas de aeroportos. Pese as malas antes de ir ao aeroporto, para evitar surpresas.

Terceira: distribua o peso entre as malas. Para isso, a tal balança portátil será útil. A mala grande atingiu o limite de peso, mas a pequena não? Passe algum conteúdo de uma para a outra. Alguém está consigo na viagem? Pense em distribuir o peso entre vocês.

Não é complicado lidar com isso. Acima de tudo, a palavra-chave é bom-senso — sempre.

Boa viagem… e boas compras! Encante-se com os produtos do fabuloso EGITO!

By GLAUCO DAMAS

Moro em Portugal. Atuo como autor desde 2001. Publiquei livros infanto-juvenis, inclusive pela Editora Saraiva. Em 2013, surgiram o primeiro livro técnico e o primeiro guia de viagem.

Deixe um comentário