Categories
Tecnologia

Planejando Viagens com o Evernote

Planejando viagens com o EvernoteSou viciado em viagens — este blog é uma prova disso. Um outro vício é tecnologia.

No universo tecnológico, há uma ferramenta da qual não abro mão para organizar minha vida pessoal e meus trabalhos: o Evernote.

Quando programo uma viagem, o Evernote torna-se um grande aliado. Organizo notas, reservas, informações, roteiros, pesquisas. Depois, durante a viagem, o Evernote é meu companheiro pelo aplicativo próprio no iPhone. Salvo inúmeras notas. Em muitas delas, anexo fotos e áudios. Por exemplo, em minha viagem a Paris para fazer pesquisas sobre meu livro Allan Kardec em Paris, o Evernote esteve comigo o tempo todo. Salvei quase cem notas!

Você usa o Evernote? (Se nem sabe direito o que é isso, veja a Nota 1 no final.) Está interessado em dicas sobre como aproveitar melhor a ferramenta em suas viagens? Sua conversa, então, é com Vladimir Campos, autor do recém-lançado e-book Planejando Viagens com o Evernote. A edição, exclusiva para iPad, aproveita alguns dos melhores recursos interativos e visuais que o iBooks (aplicativo para ler livros vendidos pela Apple) pode oferecer.

Campos é outro viciado em viagens e em tecnologia. Aliás, uma autoridade em Evernote: é Embaixador de Viagens para a Evernote no Brasil. Quem melhor que ele para escrever um livro desses? (Tenho o privilégio de conhecê-lo — pessoalmente, inclusive. Nossas conversas sobre viagens e tecnologia já renderam muito.)

Veja algumas telas do livro:

Organizando Viagens com o Evernote

.

Organizando Viagens com o Evernote

.

Organizando Viagens com o Evernote

.

E um vídeo:

Interessado em comprar o livro lá na iBookstore? Siga estes links:

iBookstore Brasil | iBookstore Portugal | iBookstore USA

.

NOTA 1 — Se você ainda precisa desvendar princípios mais básicos do Evernote, leia um outro livro de Campos, um “irmão” do livro apresentado acima: Organizando a Vida com o Evernote. Já escrevi sobre esse livro aqui no blog.

NOTA 2 — Vladimir Campos está no Facebook e no Twitter.

NOTA 3 — Apenas uma curiosidade. Cá em Portugal, o verbo é “planear”, não “planejar”. “Eu planeio”, em vez de “eu planejo”. 🙂

By GLAUCO DAMAS

Moro em Portugal. Atuo como autor desde 2001. Publiquei livros infanto-juvenis, inclusive pela Editora Saraiva. Em 2013, surgiram o primeiro livro técnico e o primeiro guia de viagem.

Deixe um comentário