Categories
Turismo

Praça do Comércio, Lisboa: alguns pontos para visitar na região

Praça do Comércio, Lisboa: pontos para visitar na região
A Praça do Comércio vista do alto do Arco da Rua Augusta.

Todo turista em Lisboa quer visitar a Praça do Comércio. Neste artigo, mostro uma lista de alguns pontos imperdíveis para você explorar por ali.

Mais tarde, conheça 8 motivos para você visitar Lisboa. E, se quiser mais uma lista de pontos a serem visitados em uma mesma região de Lisboa, leia o artigo sobre pontos turísticos importantes nos arredores da Torre de Belém.

.

O que explorar nos arredores da Praça do Comércio

Comecemos a nossa lista.

No final deste artigo, eu mostro um mapa com alguns pontos citados aqui. Você conseguirá localizar-se melhor.

.

1) A Praça do Comércio

Começamos com algo muito óbvio. A própria Praça do Comércio é a estrela de nossa lista. Ampla, belíssima, oferece vistas incríveis aos turistas. Fica bastante animada na primavera, mas o pico é no verão.

Um dos melhores pontos de vista é o da primeira foto deste artigo. Eu estava no alto do Arco da Rua Augusta.

Praça do Comércio, Lisboa: pontos para visitar na região

Praça do Comércio, Lisboa: pontos para visitar na região

Praça do Comércio, Lisboa: pontos para visitar na região

.

2) Cais das Colunas

Ainda na praça, observe as duas colunas lá no fundo, junto ao Rio Tejo.

Praça do Comércio, Lisboa: pontos para visitar na região

Esse é o Cais das Colunas.

O nome origina-se dos dois pilares na zona ribeirinha, em uma obra realizada durante a reconstrução de Lisboa, após o terremoto de 1755. Os pilares, junto a uma escadaria de mármore que desce até o rio, têm inspiração maçônica e fazem referência às duas colunas do Templo de Salomão (a sabedoria e a devoção).

O local serviu de desembarque de figuras de prestígio, como a Rainha Isabel II da Inglaterra, em 1957.

Praça do Comércio, Lisboa: pontos para visitar na região

.

3) Rio Tejo

Ora, o próprio Rio Tejo, sempre tão belo e majestoso, é um cartão postal.

😉

.

4) Arco da Rua Augusta

O belíssimo Arco da Rua Augusta é um dos pontos mais fotografados de Lisboa.

Poucos turistas sabem que, desde 2013, é possível SUBIR nele, para apreciar a vista lá no miradouro.

um artigo sobre o Arco aqui no Viagem Fantástica, com dicas e muitas fotos.

Praça do Comércio, Lisboa: pontos para visitar na região

Praça do Comércio, Lisboa: pontos para visitar na região

Praça do Comércio, Lisboa: pontos para visitar na região

Praça do Comércio, Lisboa: pontos para visitar na região

Praça do Comércio, Lisboa: pontos para visitar na região
No alto do Arco.

.

5) Café Restaurante Martinho da Arcada

Sem nenhuma dúvida, o Café Restaurante Martinho da Arcada é um dos melhores restaurantes não só de Lisboa, mas de Portugal todo. Muitas pessoas dizem, aliás, que ali está o melhor bolinho de bacalhau.

Praça do Comércio, Lisboa: pontos para visitar na região

Hoje com quase 250 anos de existência (!), o Martinho da Arcada era muito frequentado por Fernando Pessoa. A mesa dele está ali até hoje, preservada. Outras ilustres personalidades eram figuras comuns por ali, como José Saramago.

Uma das fotos mais clássicas de Fernando Pessoa foi capturada exatamente naquela mesa.

Praça do Comércio, Lisboa: pontos para visitar na região
No centro da foto, a mesa de Fernando Pessoa. Na parede, no alto, a clássica foto de Fernando Pessoa, capturada exatamente nessa mesa.

O Café Restaurante Martinho da Arcada fica à direita, e a poucos passos, do Arco da Rua Augusta.

O ideal é reservar mesa, principalmente no verão. Estranhamente, o restaurante não abre aos domingos.

.

6) Bar e Restaurante Museu da Cerveja

Museu da Cerveja é mais uma parada obrigatória em minhas frequentes viagens a Lisboa. Mesmo que seja apenas para beber algo, é um local incrível para um descanso, enquanto desfruto a vista para a Praça do Comércio e o Arco da Rua Augusta.

Praça do Comércio, Lisboa: pontos para visitar na região

Praça do Comércio, Lisboa: pontos para visitar na região

Praça do Comércio, Lisboa: pontos para visitar na região

Muito animado, principalmente no verão, o local também é famoso pelos bolinhos de bacalhau.

O mais charmoso é sentar-se nas mesas da parte externa, mas o interior é muito bonito e agradável.

um artigo sobre eles aqui no blog.

O Museu da Cerveja fica em frente ao Café Restaurante Martinho da Arcada. Posicionado na praça, de frente para o Arco, você verá o restaurante à sua direita.

.

7) Rua Augusta

Ao cruzar o Arco da Rua Augusta, você chega a uma das ruas mais tradicionais de Lisboa.

Rua Augusta está sempre lotada de turistas. Cheia de bares, restaurantes e lojas, é caminho no acesso ao Elevador de Santa Justa, ao Rossio, à Praça da Figueira, ao Eléctrico 28 e ao Autocarro 737 (transportes que levam as pessoas a dois famosos miradouros e ao Castelo de São Jorge).

Praça do Comércio, Lisboa: pontos para visitar na região
A Rua Augusta, vista do alto do Arco da Rua Augusta.

Praça do Comércio, Lisboa: pontos para visitar na região

Praça do Comércio, Lisboa: pontos para visitar na região

.

8) Eléctrico 28 e Autocarro 737

Bem ali na região da Rua Augusta, há um famoso ponto de embarque com acesso ao Eléctrico 28 (bonde) e ao Autocarro 737 (ônibus). Eles levam os turistas ao Miradouro de Santa Luzia, ao Miradouro das Portas do Sol e ao Castelo de São Jorge.

Praça do Comércio, Lisboa: pontos para visitar na região
O poste amarelo é o ponto. Ao fundo, a Igreja da Madalena.

Como chegar ao ponto de embarque?

Ao cruzar o Arco da Rua Augusta, vindo da Praça do Comércio, vire à direita na terceira esquina. Poucos passos depois, você verá o ponto de embarque, que fica quase em frente da Igreja da Madalena. (A própria igreja é mais um ponto para você visitar, aliás.)

.

9) Elevador de Santa Justa

Ao cruzar o Arco da Rua Augusta, vindo da Praça do Comércio, você encontra o Elevador de Santa Justa quando vira à esquerda na sétima esquina.

A vista lá no alto, pelo miradouro, é inesquecível. Na saída, ainda pode parar para beber e comer no delicioso Restaurante Bellalisa, que fica lá em cima.

Aqui no blog, há um artigo sobre o Elevador e um outro sobre esse restaurante.

Praça do Comércio, Lisboa: pontos para visitar na região

Praça do Comércio, Lisboa: pontos para visitar na região

Praça do Comércio, Lisboa: pontos para visitar na região

.

10) Praça Dom Pedro IV & Praça da Figueira

Que tal seguir adiante na Rua Augusta?

Se avançar só mais um pouco após a esquina onde se vê o acesso ao Elevador de Santa Justa, você chega à Praça Dom Pedro IV (que é D. Pedro I na História do Brasil). No caso, é o local chamado por alguns de “Praça do Rossio”.

Se, no final da rua, você seguir só um pouco à direita, chega à Praça da Figueira.

Praça do Comércio, Lisboa: pontos para visitar na região
Praça Dom Pedro IV
Praça do Comércio, Lisboa: pontos para visitar na região
Estátua de Dom Pedro IV.
Praça do Comércio, Lisboa: pontos para visitar na região
Área da Praça da Figueira. Lá em cima, o Castelo de São Jorge.
Praça do Comércio, Lisboa: pontos para visitar na região
Praça da Figueira. Aqui, em um dia com feira (produtos, bebidas, comidas).

Veja o acesso:

Praça do Comércio, Lisboa: pontos para visitar na região
Balão vermelho: Elevador de Santa Justa. Seta azul: Praça Dom Pedro IV (Rossio). Seta verde: Praça da Figueira.

.

MAPA

Veja um mapa com alguns pontos citados neste artigo:

Praça do Comércio, Lisboa: pontos para visitar na região
BRANCO: Praça do Comércio. AMARELO ESCURO: Museu da Cerveja. PRETO: Café Restaurante Martinho da Arcada. VERMELHO: Arco da Rua Augusta. VERDE ESCURO: Igreja da Madalena, com ponto próximo para embarque no Eléctrico 28 e no Autocarro 737. AZUL CLARO: Elevador de Santa Justa. AMARELO CLARO: Rossio/Praça Dom Pedro IV. VERDE CLARO: Praça da Figueira. CINZA: Castelo de São Jorge. AZUL ESCURO: Miradouro das Portas do Sol.

Eu criei esse mapa on-line e o deixei aberto ao público. Para um acesso mais fácil, visite-o diretamente no Google Mapas.

.

NOTA:
Procura hotéis em PORTUGAL? Aproveite a parceria deste blog com a Booking. Vantagens costumam aparecer nas reservas. Siga aqui para conferir. (Esse é um link afiliado. Há uma pequena comissão ao blog, e isso ajuda a cobrir altos custos com servidor de qualidade, segurança, tratamento de imagens, etc. É assim que eu NÃO coloco aqui aquelas publicidades irritantes que atrapalham o conteúdo dos artigos. Por uma internet mais limpa! Eu agradeço.)

Eu espero que, como eu, você possa ver e sentir os encantos únicos de Lisboa. 😉

By GLAUCO DAMAS

Moro em Portugal. Atuo como autor desde 2001. Publiquei livros infanto-juvenis, inclusive pela Editora Saraiva. Em 2013, surgiram o primeiro livro técnico e o primeiro guia de viagem.

Deixe um comentário