Categories
Turismo

Problemas na TAP

Problemas na TAPMuito se tem falado da greve na TAP, companhia aérea portuguesa. Pilotos anunciaram interrupção nos trabalhos de 1 a 10 de maio de 2015.

A greve é um direito dos trabalhadores, por isso não é nossa intenção questionar essa decisão de cruzar os braços. O questionamento está na atitude da TAP diante dos problemas enfrentados pelos passageiros. Todas as empresas, mesmo as melhores, passam por crises diversas. Avaliamos verdadeiramente as empresas pelo modo como elas se comportam quando há um problema.

Eu viajo muito, e já perdi a conta de quantas vezes cruzei os céus pela TAP. Sempre gostei muito da companhia. Ultimamente, no entanto, a decadência acentua-se. Problemas vêm acontecendo mesmo antes dessa greve.

Tomo como exemplo duas amigas do Brasil que vieram passear em Portugal no final de abril. O vôo São Paulo-Lisboa teve um atraso de quase 4 horas. Assim que elas chegaram a Lisboa, eu as trouxe de carro ao Algarve (Sul de Portugal). Três dias depois, elas pegaram um vôo Faro-Porto. Probleminha no ar: houve um atraso de mais de 3 horas. Então, três dias depois, foi a vez do vôo Porto-Lisboa. Mais um grande atraso, desta vez de 3 horas.

Tudo isso foi antes da greve.

A paralisação começou dia 1. O vôo delas de retorno a São Paulo seria no dia 4. Pensei: “A TAP vai passar informações. Pode até oferecer compensação financeira por isso, quem sabe umas noites em hotel ou algumas refeições, ou um vôo por outra companhia, mesmo que tenha escalas em outro país”. Para meu espanto, minhas amigas procuraram a TAP no aeroporto de Lisboa e, depois de horas lá dentro, voltaram com cara de ponto de interrogação. Foram atendidas por uma funcionária educada, que estava maluca ali diante de tantas reclamações, mas esforçava-se para atender bem. Tudo o que ela podia fazer era ser educada e mostrar compreensão com as frustrações dos clientes.

Além de não dar previsões sobre quando minhas amigas poderiam embarcar, a TAP não ofereceu ajuda nenhuma. Por sorte, elas têm condições de bancar os dias extras aqui em Portugal. Mas quantas pessoas vêm com o dinheiro certo para a viagem? Onde essas pessoas vão dormir? Como vão comer?

Muito decepcionante. Esse público está em férias, está em turismo. Não quer dores de cabeça para resolver. Minhas amigas perderam, no total, muitas horas no aeroporto de Lisboa e em chamadas telefônicas. Poderiam estar passeando, descobrindo as incomparáveis maravilhas de Portugal.

Daqui pra frente, as pessoas poderão pensar dez vezes antes de comprar bilhetes pela TAP. É uma pena ver a queda da imagem de uma companhia tão associada, com orgulho, a Portugal.

NOTA:
Procura hotéis em PORTUGAL? Aproveite a parceria deste blog com a Booking. Vantagens costumam aparecer nas reservas. Siga aqui para conferir. (Esse é um link afiliado. Há uma pequena comissão ao blog, e isso ajuda a cobrir altos custos com servidor de qualidade, segurança, tratamento de imagens, etc. É assim que eu NÃO coloco aqui aquelas publicidades irritantes que atrapalham o conteúdo dos artigos. Por uma internet mais limpa! Eu agradeço.)

By GLAUCO DAMAS

Moro em Portugal. Atuo como autor desde 2001. Publiquei livros infanto-juvenis, inclusive pela Editora Saraiva. Em 2013, surgiram o primeiro livro técnico e o primeiro guia de viagem.

1 comentário a “Problemas na TAP”

Olá Glauco. Estou conhecendo seu blog hoje, e gostei muito. Estou viajando pela TAP no próximo dia 26/05 para Zurich com conexão em Lisboa e diante desta informação do acontecido com suas amigas, fiquei preocupada. Existe um modo de nos protegermos desses contratempos? Já que tenho passagens de trem compradas com hora marcada. Agradeço sua atenção. Marli

Deixe um comentário