Categorias

MEU EGITO: roteiros de viagem personalizados

Egito! Oh, meu amado Egito! Depois de tantos anos escrevendo sobre turismo nesse fabuloso país, é natural que muitos leitores brasileiros e portugueses me peçam dicas de guias. Eles esperam dicas transparentes. Acho que conseguem enxergar neste blog um espaço de conselhos sinceros.

Recomendar um guia para o Egito é uma monumental responsabilidade, e meu nível de exigência não permite que eu aumente facilmente o número de profissionais indicados. Guias há aos montes no Egito; eu poderia lotar este blog com vários nomes. Mas credibilidade é algo que se demora para conquistar.

Para recomendar um guia de turismo no Egito, eu preciso conhecê-lo pessoalmente. Preciso já ter feito muitos passeios com ele, inclusive com a minha própria família. Preciso conhecê-lo melhor também como pessoa, não apenas como profissional.

Até o momento, recomendo com segurança dois guias de turismo egípcios: IHAB HAMDY e HADI SALAH. São dois dos profissionais mais conhecidos e respeitados do Egito. Além disso, falam português com fluência.

Ihab e Hadi são apresentados neste blog há 14 anos. Isso mesmo: CATORZE anos de confiança e satisfação com eles.

Os dois colecionam elogios. Agradam tanto que muitos clientes mantêm contato com eles depois da viagem. Surge uma amizade. São adicionados como amigos nas redes sociais.

Em 2017, finalmente, surgiu a piramidal ideia de JUNTARMOS FORÇAS. Eu, Ihab e Hadi trouxemos uma nova filosofia para turismo no Egito. Chamamos isso de:

Meu Egito

Não somos uma empresa, mas sim uma parceria de experientes e reconhecidos profissionais profundamente apaixonados por Egito. Lidamos apenas com roteiros PERSONALIZADOS, porque achamos que só assim aproveita-se o Egito verdadeiramente. São roteiros privados ou não privados (neste caso, em pequenos grupos, para manter a qualidade dos passeios).

Ao lidar com roteiros personalizados, o turista viaja com um roteiro que ele pode chamar de “meu”: MEU roteiro, de acordo com MEUS interesses e com MINHAS possibilidades. Por isso surgiu o nome da filosofia MEU EGITO.

E o melhor: o turista trata direto com um guia egípcio. Um profissional que sabe tudo, que tem segurança no que diz. O custo até pode ser vantajoso, por ser uma negociação direta.

Para ver detalhes e entrar em contato, visite a nossa página Meu Egito (também acessível pelo endereço meuegito.com).

Glauco Damas, Ihab Hamdy, Hadi Salah
Eu (centro) em uma de minhas várias viagens ao Egito, mais uma vez com os grandiosos guias-faraós Hadi Salah (esquerda) e Ihab Hamdy (direita). Eu e minha própria família aos cuidados deles.

Viva o Egito!