Categorias
Turismo

Roteiro básico para o Algarve (Portugal): nove sugestões e uma dica extra

Algarve (sul de Portugal) é onde eu moro. Apaixonado por esse lugar, eu o divulgo aqui no blog, no Twitter e no Facebook. Natural, portanto, que leitores peçam dicas básicas para um roteiro turístico.

Pensando neles, mostrei um vídeo emocionante sobre o Algarve, comentei qual a melhor época do ano para uma visita e sugeri a região como um dos pontos quentes do verão em Portugal.

As pessoas pesquisam mais a região e ficam perdidas com a quantidade de cidades (concelhos, freguesias). São muitas opções.

Exato, Glauco! Eu abro o mapa e vejo mil lugares para conhecer! Como filtrar tudo aquilo?

Calma. Vamos definir uma pequena lista para seu ponto de partida: nove sugestões. No final, darei uma dica extra.

Pegue seu chapéu ou boné, seus óculos de sol, seu protetor solar… e venha comigo.

Roteiro essencial para o Algarve

Quantos dias

Outra dúvida comum para quem estuda um roteiro de turismo no Algarve é o número de dias.

Glauco, eu quero ficar dez, quinze, vinte dias no Algarve! Ir às praias, comer os famosos peixes e os frutos do mar, ver as outras belezas naturais, conhecer castelos e fortalezas, etc. e mil vezes etc.!

Uau! Delícia!

Mas… então eu acordo do sonho, Glauco, e lembro que tenho número limitado de dias. Uns três dias no Algarve, talvez quatro.

Por que a carinha triste? Anime-se. Esse é o prazo para a maioria dos turistas. Natural, porque as pessoas querem visitar também as outras regiões de Portugal. (Há turistas que ficam longo tempo no Algarve. Um, dois, três, seis meses. Mas são casos especiais. Turistas europeus que vêm para cá frequentemente. Decidem morar na região durante algum período. Até investem em negócios aqui e compram casas.)

Enfim… defini a lista de locais abaixo após filtrar muitas vezes os pontos interessantes. É possível dedicar três ou quatro dias a ela, dependendo do que você pretende investir em cada local ou actividade. Para um roteiro no Algarve de dois dias, passe mais ainda na peneira a lista abaixo, de acordo com suas preferências. Enfim, adapte-a a seu gosto.

Mapa

No mapa abaixo, você encontra os nove pontos algarvios citados.

Eles surgem por questão pessoal. Aqui está a minha preferência. Eu não incluo, por exemplo, Faro, Albufeira, Carvoeiro, Tavira — também muito populares no Algarve, por isso podem aparecer em listas de outras pessoas.

Mapa para roteiro no Algarve

No mapa (a partir da esquerda): Sagres | Lagos | Alvor | Portimão | SilvesMonchique | Vilamoura | Castro Marim | Vila Real de Santo António | Para acessar o mapa directo no Google Mapas, siga aqui.

Vamos seguir pelo mapa, a partir da esquerda, até chegarmos à fronteira com a Espanha, à direita.

Pode parecer tudo muito distante quando vemos o mapa. Mas lembre-se: Portugal é pequeno. De carro, quase tudo é possível aqui.

Carro? Por que cita exatamente carro, Glauco? E as outras opções?

Isso me lembra de abrir um pequeno tópico:

Como deslocar-se durante seu roteiro turístico no Algarve

É altamente recomendável alugar um carro para seu roteiro no Algarve.

Não conte com transporte público — e isso, aliás, é uma vergonha para Portugal.

Sugestões de locais para seu delicioso roteiro no Algarve

Vamos à lista!

Sagres

No extremo sudoeste de Portugal, Sagres encanta principalmente os turistas que visitam o Cabo de São Vicente. Um mar de águas agitadas e penhascos de mais de 60 metros de altura compõem o belíssimo cenário. A vista é tão magnífica que não parece real.

Por tradição, quem visita a área no final da tarde espera o pôr-do-sol para bater palmas. Um verdadeiro espetáculo da natureza.

Na região, encontramos alguns restaurantes típicos, especializados em peixes e frutos do mar. Por exemplo, o Restaurante Mar À Vista.

Não é uma cidade para ficar. Não recomendo. Vá e volte no mesmo dia. Pode até dedicar apenas um período — manhã ou tarde.

O roteiro para o Algarve inclui os penhascos de Sagres
Sagres
Turistas observam o pôr-do-sol em Sagres
Turistas observam o pôr-do-sol nos penhascos de Sagres. (Não fique nestes pontos. São perigosos. Esteja nas margens de segurança. Esta foto eu fiz com zoom na câmera.)
Penhascos em Sagres

⊗ Direto no Google Mapas

Lagos

Lagos já foi capital do Algarve (a capital é Faro). Hoje, segura o troféu de um dos locais preferidos da região. A fama internacional é acentuada por uma história triste: o misterioso desaparecimento da garotinha inglesa Madeleine McCann.

A cidade atrai turistas de todos os gostos. É riquíssima em História e ostenta praias deslumbrantes. Aliás, teve praias eleitas recentemente como as mais bonitas do mundo. Aproveite para conhecer a Marina de Lagos, com vários bares e restaurantes.

O Centro Histórico, também cheio de bares, restaurantes e lojas, é digno de nota. Abre-se em uma atmosfera pitoresca, com mesinhas nas ruas de pedras. Aproveite para conhecer a casa do Mercado dos Escravos.

Rua em Lagos, que se destaca em roteiro para o Algarve
Praia em Lagos
Área da Praia da Luz.
Fortaleza em Lagos
Vista no Restaurante Fortaleza da Luz (era mesmo uma fortaleza).
Rua em Lagos, à noite
Praia em Lagos
Ponta da Piedade – Lagos.
Praia e rochas em Lagos
Marina de Lagos

Google Mapas

Alvor

Alvor é um de meus lugares preferidos no Algarve. É uma freguesia de Portimão, que veremos a seguir. Apesar de pequena, consegue ser extremamente animada entre turistas.

A freguesia ergueu-se na tradição dos pescadores locais. Até hoje, é um dos melhores pontos do Algarve para quem aprecia peixes e frutos do mar. Tudo é fresco, colhido no dia e entregue aos restaurantes.

Há praias muito bonitas.

A vila histórica, com construções centenárias, é visita obrigatória. Entre elas, encontramos até restos de um castelo. Nessa vila, vemos inúmeros bares e restaurantes. Incluem-se nisso os famosos pubs, bem em estilo inglês ou irlandês, porque a área é destino favorito de turistas desses países.

Outro ponto de destaque é a Ria de Alvor, uns metros abaixo da vila. A beleza natural junta-se à simplicidade do lugar, fazendo uma combinação muito pitoresca e charmosa.

Ria de Alvor no roteiro para o Algarve
Ria de Alvor.
Praia em Alvor
Praia em Alvor
Rua da vila de Alvor lotada no verão
No verão, o turismo explode aqui. Esta é uma rua da vila de Alvor em uma noite de agosto.

Google Mapas

Portimão

Aqui está mais um local ligado a História, a bons restaurantes e a praias famosas (a Praia da Rocha, por exemplo). Portimão é uma das cidades mais fortes do Algarve.

Note, nas fotos abaixo, como alguns restaurantes aproveitam os cenários naturais para compor ambientes belíssimos.

Bar e restaurante em Portimão, em destaque em roteiro para o Algarve
Bar e restaurante Nosolo Água (também a próxima foto). Que paraíso é esse???
Nosolo em Portimão

Google Mapas

Silves

Silves segue os mesmos moldes: História, restaurantes e bares, diversão. Há um destaque especial aqui: é um dos principais cenários das feiras medievais de Portugal.

As feiras medievais são eventos que transformam algumas cidades para que elas revivam os tempos medievais. Fachadas de construções são alteradas, a rotina muda, e usam-se até os castelos locais para receber o público. Atores assumem papéis diversos da época: reis, escravos, cavaleiros, bispos, feiticeiras, etc. Parece que estamos em um grande set de filme. A feira medieval de Silves, aliás, acontece em agosto.

Independentemente da época, explore o Centro Histórico para descobrir a Catedral, o Castelo, as Portas da Cidade e alguns outros pontos interessantes.

Castelo de Silves no roteiro para o Algarve
Entrada do Castelo de Silves.
Centro Histórico de Silves
Centro Histórico (e a Catedral).

Google Mapas

Monchique

De vários pontos do Algarve, avistamos a Serra de Monchique. Que tal uma visita à vila e ao pico da serra? A Fóia, lá em cima, é o ponto mais alto do Algarve (quase mil metros). Imagine a vista deslumbrante.

A visita à Serra de Monchique é ideal para os naturalistas. Respire o ar refrescante, beba água puríssima das nascentes, compre mel e spirulina, conheça o licor de melosa (ótimo para problemas de garganta, resfriados, etc.). A água, aliás, é considerada uma das melhores do mundo, com pH 9.5. É a água que se toma em minha casa.

Fóia, Serra de Monchique, em roteiro no Algarve
Fonte de água na Serra de Monchique
Fonte de água (gratuita) na Serra de Monchique. Aqui ao lado costuma estar um homem que vende a melosa (mistura de mel, limão e licor de medronho).

Google Mapas

Vilamoura

Oh, Vilamoura! A cidade das ruas floridas. Limpíssima, bem cuidada, encantadora. O estilo destoa do Algarve por ser moderno, mas podemos encontrar pontos históricos para visitar — por exemplo, umas ruínas romanas.

A grande estrela é a Marina de Vilamoura. Foi eleita a melhor marina da Europa. Lá encontramos barcos e iates de todos os níveis, em uma área lotada de bares, restaurantes e lojas. Apesar da fama, não costuma haver abusos de preços em alimentos e bebidas.

Quer passear por águas algarvias em um iate? Incluindo comida, talvez? Ou champanhe? Alugue um. Alguns iates atracados ali exibem anúncios.

Marina de Vilamoura em um roteiro no Algarve
Marina de Vilamoura
Rua florida em Vilamoura
Rua arborizada e bicicletas em Vilamoura
Rua florida em Vilamoura

Google Mapas

Castro Marim

O que eu disse sobre Silves serve para Castro Marim. Inclusive as famosas feiras medievais. Aliás, a feira medieval de Castro Marim é melhor que a de Silves. Também acontece em agosto. Eu nunca perco essa feira!

Aproveite a proximidade de Castro Marim com a fronteira junto à Espanha. Faça uma visita rápida aos simpáticos hermanos.

Feira Medieval em Castro Marim
Feira Medieval. Aqui, dentro do Castelo de Castro Marim.
Castro Marim em roteiro para o Algarve
Feira Medieval em roteiro para o Algarve

Google Mapas

Vila Real de Santo António

Esta cidade traz os traços típicos do Algarve: pitoresca, charmosa, histórica. Passeie pela marina, junto ao Rio Guadiana, e na praça principal ali perto, cheia de lojas e restaurantes.

As lojas são boas oportunidades para o turista que procura itens portugueses típicos para presentes ou lembranças: toalhas, aventais, lenços, etc. Considere depois uma refeição no Restaurante da Associação Naval do Guadiana, que fica a poucos metros.

Aproveite a fronteira com a Espanha. Atravesse a ponte sobre o Rio Guadiana e BUM!, você já está na Espanha. Faça uns passeios no lado de lá, na pequenina e simpática Ayamonte. E que tal seguir além em território espanhol?

Vila Real de Santo António no roteiro básico para o Algarve
Rua histórica em Vila Real de Santo António
Praça com lojas em Vila Real de Santo António
A caminho da Espanha a partir de Vila Real de Santo António
A Espanha está logo ali!
Praça em Ayamonte
Esta foto e a próxima: Ayamonte, Espanha.
Ayamonte também no roteiro extra para o Algarve

⊗ Google Mapas: Vila Real de Santo António | Ayamonte

Extra: Sevilha (Espanha)

Há um pouco mais de tempo em sua viagem? Então por que limitar-se ao Algarve? Aproveite a proximidade com Sevilha.

Ali em cima, citei a visita a Ayamonte, separada de Portugal por apenas um rio. Seria apenas para um vai-e-vem, um passeio breve. Sevilha fica mais à frente, exige mais estrada, mas é uma viagem bastante prática a partir do Algarve. E, uau, eu amo Sevilha. Costumo dizer que Sevilha é Vida.

escrevi sobre isso no blog.

Google Mapas

Boa viagem!


GLAUCO DAMAS
Moro em Portugal. Atuo como autor desde 2001. Publiquei livros infanto-juvenis, inclusive pela Editora Saraiva. Em 2013, surgiram o primeiro livro técnico e o primeiro guia de viagem.
Saiba mais « » Contacto


9 comentários a “Roteiro básico para o Algarve (Portugal): nove sugestões e uma dica extra”

Olá, Cláudia.
Não é comum encontrar guias de turismo no Algarve, porque turistas que vêm para cá não costumam fazer isso.
Há muitos guias de turismo para outras regiões de Portugal, mas não para Algarve.
O que exatamente pretendem conhecer? Quantos dias? Escreva um e-mail para mim. Verei melhor alguma possibilidade para vocês.
glaucodamas@gmail.com
ou
gdamas@outlook.de

Olá Glauco,
Já usei suas dicas para uma viagem ao Egito e foi surpreendente! Foram dicas valiosas! Agora meu próximo destino é Portugal com ênfase no Algarve e Alentejo. Na sua opinião, qual cidade é melhor ( custo/benefício) para se hospedar no Algarve? Ficaremos 5 dias em julho de 2019 ( alto verão). E também, para um passeio bate volta até a Espanha, sem ser Sevilha, outra recomendação de cidades?
Mais uma vez obrigada
Mercedes

Ola vou estar em lisboa 16/08/2019

quero ir ao algarve de la tem pacotes me da uma dicas como faço tem comboio ou trem que sai de lisboa
resevo hotel em algare e de la vou a outros lugares manda por o meu email por favor ficarei grata madalena

Parabéns por todas belas paisagens publicadas e pelas informações. Em abril de 2019 pretendo visitar o Algarve em Portugal e passar por aí de 4 a 5 dias. Em Lisboa tem alguma agencia de turismo com roteiros no Algarve? Moro no Sul do Brasil e estive em Portugal pela primeira vez em janeiro de 2016 quando visitei a cidade do Porto e Viseu-Nelas-Senhorim no interior Norte. Atenciosamente GILNEI MÜLLER (GCM)

Oi glauco a 6 meses conheci um rapaz de algarve meu nome é silvia a15 anos sou viuva..depois disso resolvi não gostar de mais ninguém ate que por destino de Deus conheci Carlos e estamos apaixonados um pelo outro mas infelizmente muito distantes um do outro..ele chegou a ficar doente por causa por causa da nossa distância. .moro em recife pe..sonho em encontrar ele o homem de minha vida..mas sinto que minha vida esteja virando uma profunda tristeza sem ele junto de mim…nao tenho condições de ir ate algarve..isso seria para mim..um sonho realizado poder ve lo pessoalmente. .choro ao ve lo pelo zaap ele também. ..devido a sua enfermidade. .ele está sem condições de vir ao Brasil. .gastou com medico tratamento. .quase sem emprego..eu não tenho condições financeiras. .psra mim é caro..e meu salario minimo não dá para chegar ai…em algarve..eu o amo muito..depois de anos..me apaixonei de novo..que faço? Preciso de ajuda..quero e preciso ser feliz..me ajude..como faço? Tem algum órgão em portugal que nos ajude?

Boa noite Glauco. Estarei com minha esposa em Algarve na primeira semana de outubro. Gostaria de uma indicação de serviço de barco p visitar essas prais lindas com falésias com duração em torno de 1hora ou pouco mais. Estarei em Albufeira. Parabens p seu blog.(ja tinha enviado esa solicitação,ma acho q não chegou a vc.) E.T. sou medico oftalm. em S.P. Abr.

Olá Glauco,
irei visitar o Algarve de 13 a 20 de julho de 2017. Gostaria de visitar todos os locais que você indicou no seu post. Para isso seria necessário alugar um carro ou eu conseguiria ir de ônibus? E qual o lugar que me aconselha para me hospedar, para ser minha base no Algarve?
Irei com meu marido e minha filha de 16 anos.
Também penso em fazer um bate e volta em Sevilla.
Grata desde já, Fabiana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *