Categories
Turismo

O incrível Rijksmuseum, em Amsterdã

Rijksmuseum - Amsterdã | O prédio

Museumplein, enorme espaço público a céu aberto, é um dos pontos turísticos mais populares de Amsterdã. Nela estão três dos principais museus holandeses: Museu Van Gogh, Museu Stedelijk e… o nosso interesse neste artigo, Rijksmuseum.

Rijksmuseum e Museumplein - Mapa
Neste detalhe do Google Mapas, vemos o Rijksmuseum e o Museu Van Gogh. Também localizamos o famoso letreiro “I AMSTERDAM” e o Cobra Café, que veremos daqui a pouco. (Encontre o museu direto no Google Mapas.)

Vamos, agora, fazer um passeio pelo Rijksmuseum, com muitas fotos. Aproveitarei para dar algumas dicas para a sua visita.

Espera aí, Glauco. Antes, eu gostaria de saber como pronunciar esse nome! Eu tentei aqui, mas deu nó na minha língua!

trava-linguasImagino!

A pronúncia é mais ou menos assim: “raiksmuseum”. O r é produzido com a língua no céu da boca, parecido com o r dos italianos, ou com o r dos paulistas em palavras como “porta”.

 

Rijksmuseum

O Rijksmuseum é o Louvre de Amsterdã. Com tal popularidade, espere sempre encontrar uma enorme quantidade de visitantes lá dentro.

Glauco, qual é a grande estrela do museu? Pois todo museu famoso tem uma estrela. A Monalisa no Louvre, por exemplo.

O Rijksmuseum tem duas estrelas, dois locais mais populares: a área com pinturas de Van Gogh e a belíssima seção dedicada a Rembrandt (sou fã deste!). Veremos isso.

 

Um pouco da história

O museu é um dos maiores orgulhos de Amsterdã. Mas saiba que ele surgiu em Haia, em 1800. Foi transferido para Amsterdã 8 anos depois, mas não no prédio atual. A mudança para onde o visitamos hoje aconteceu apenas em 1885. Em 2013, depois de dez anos de uma renovação que custou quase 400 milhões de euros, todo o prédio principal foi reaberto. (Eu estive lá, pela primeira vez, durante esse período de renovação. Foi decepcionante: não pude visitar a maior parte do museu!)

O sucesso é crescente. Além de ser o maior museu da Holanda, é o mais visitado. Todo ano, uma média de quase 2,5 milhões de pessoas entram ali, e encantam-se com os 8 mil itens expostos. Dedicados a artes e a História, os objetos cobrem o período entre 1200 e 2000.

 

Horários

O Rijksmuseum abre todos os dias, das 9h às 17h.

Eles são muito sérios ao dizerem “todos os dias”. Não há exceção: estão abertos mesmo em Natal e em Ano Novo. (Esse pessoal gosta de trabalhar!)

 

Acesso especial a portadores de necessidades

Felizmente, o museu oferece acesso especial a visitantes com mobilidade reduzida. Procure um funcionário (são muito educados e atenciosos) para receber essa ajuda.

Uma dica especial: pessoas incapazes de se locomoverem sozinhas lá dentro podem entrar com um ajudante, sem que este pague pelo bilhete.

 

Acessos ao museu

Enfim… vamos entrar?

Observe novamente o mapa acima. Podemos acessar a área de entrada pela frente ou por trás do prédio. Pela frente, é aquela área voltada ao famoso letreiro “I AMSTERDAM”. Nesta minha visita, eu entrei por trás (a primeira foto que aparece neste artigo), por isso começaremos por lá. Ao cruzarmos o arco de entrada, chegamos a uma longa passagem coberta. No meio dela está a porta de entrada do museu.

Rijksmuseum - Amsterdã | Detalhe do prédio

Rijksmuseum - Amsterdã | Mais um detalhe do prédio

Rijksmuseum - Amsterdã | Outro detalhe do prédio

Rijksmuseum - Amsterdã | Detalhe do prédio

Rijksmuseum - Amsterdã | Acesso à entrada
A porta de entrada está no meio desta área.

Aqui, ainda não apresentamos bilhete nenhum. Essa área é livre. Entramos em uma grande ala com loja oficial do museu, lanchonete e biblioteca.

A loja e o café ficam abertos das 9h às 18h. A biblioteca, das 10h às 17h, e fecha aos domingos e feriados.

Os banheiros também ficam nessa área. Aproveite, pois será uma longa visita.

Rijksmuseum - Amsterdã | Entrada

Rijksmuseum - Amsterdã | Área da entrada
Ali no fundo está a área com balcões para vendas de bilhetes.

Rijksmuseum - Amsterdã | Acesso à biblioteca

Rijksmuseum e Museumplein - Mapa
Mapa do interior do museu. (Observe, fora do museu, à esquerda, uma loja de diamantes. Se você quiser gastar alguns milhares de euros durante a viagem, aproveite! 😉 )

 

Wi-Fi e Aplicativo do museu

Ainda nessa área, o museu chama a nossa atenção para duas coisas importantes.

Primeiro, eles oferecem Wi-Fi em todo o interior do prédio, sem cobrar nada extra. E que Wi-Fi! Internet muito veloz! (Antes ou depois da visita, aproveite para ir ao café e colocar em dia as suas fotos, o seu Facebook, as suas conversas via Skype e Hangouts, etc. Publique seu montão de selfies!)

Segundo, eles convidam-nos a baixar o aplicativo oficial do museu, disponível para iOS e para Android.

Aliás, aproveito para comentar uma polêmica que envolveu o museu.

Uma foto ficou viral nas redes sociais. Mostrava jovens no Rijksmuseum, sentados na área dedicada a Rembrandt, todos com smartphone na mão, olhando fixamente para a tela. Aquilo seria um exemplo de “como a nova geração está perdida”. Jovens entram em um museu desses e não se interessam por nada, só pensam no smartphone.

Não foi isso que aconteceu. Era uma turma que estava com um professor e já havia apreciado as obras de arte daquela seção. Então, os jovens aproveitaram a internet e o aplicativo do museu para verem detalhes sobre o que estava exposto.

 

Bilhetes & Compras on-line

O bilhete custa 17,50€. (Atenção: preços – e horários de abertura! – podem ser alterados a qualquer momento.) Visitantes de até 18 anos entram gratuitamente. (Grande incentivo!)

Eu já mostrei onde comprar bilhetes. Geralmente, há uma longa fila ali. Vale destacar que o balcão encerra às 16h30.

Agora… pergunte quanto tempo eu fiquei na fila.

Glauco, quanto tempo você ficou na fila?

Nadinha. Porque, esperto, eu sempre procuro comprar bilhetes on-line. Quando existe essa opção, garanto o meu imediatamente. Pra que complicar? Pra que perder tempo em fila?

Comprei o meu na própria página web do museu. É claro, na versão em inglês, porque a versão original está em holandês.

 

Momento de apreciar as obras

Chegamos ao melhor momento.

Imagens podem valer mais que palavras. Portanto, aqui estão algumas de minhas fotos.

Este é o momento de dar uma boa notícia: câmeras são permitidas em todo o museu. Mas sem flash.

Rijksmuseum - Amsterdã | Pinturas expostas

Rijksmuseum - Amsterdã | Mais pinturas expostas

Rijksmuseum - Amsterdã | Uma pintura

Rijksmuseum - Amsterdã | Visitantes observam uma pintura

Rijksmuseum - Amsterdã | Itens expostos

Rijksmuseum - Amsterdã | Baú

Rijksmuseum - Amsterdã | Besta (arma)

Rijksmuseum - Amsterdã | Capacete

Rijksmuseum - Amsterdã | Malha de ferro de um soldado

Rijksmuseum - Amsterdã | Pinturas

Rijksmuseum - Amsterdã | Auto-retrato de Van Gogh
Van Gogh!

Rijksmuseum - Amsterdã | Pintura de Van Gogh

Rijksmuseum - Amsterdã | Pintura de Van Gogh

Rijksmuseum - Amsterdã | Acesso ao piso superior

Rijksmuseum - Amsterdã | No piso superior

Rijksmuseum - Amsterdã | Piso superior

Rijksmuseum - Amsterdã | Acesso à area de Rembrandt
Em direção à ala dedicada ao grande mestre Rembrandt (lá no fundo).

Rijksmuseum - Amsterdã | Pinturas

Rijksmuseum - Amsterdã | Área de Rembrandt

Rijksmuseum - Amsterdã | Área de Rembrandt

Rijksmuseum - Amsterdã | Área de Rembrandt

Rijksmuseum - Amsterdã | Área de Rembrandt

Rijksmuseum - Amsterdã | Área de Rembrandt
A pintura tão famosa de Rembrandt… em seu original!

Rijksmuseum - Amsterdã | Itens expostos

 

Saída

Saí pelo lado oposto – o que dá acesso ao letreiro “I AMSTERDAM”. Mas, para chegar ao letreiro, em vez de seguir reto a partir da saída, eu desviei à esquerda e segui pelo famoso – e belíssimo – jardim do Rijksmuseum.

Rijksmuseum - Amsterdã | Uma das entradas
Saí por aqui. Seguindo esse caminho, chego ao letreiro. Mas desviei pela esquerda (nesta foto, à direita), passando pelo JARDIM.

 

Jardim do Rijksmuseum

O acesso ao jardim é livre. Fica aberto das 9h às 18h.

É um momento perfeito para sentar, relaxar, contemplar. Que tal uma bebida? Eles servem ali!

Rijksmuseum - Amsterdã | Detalhe do prédio

Rijksmuseum - Amsterdã | Jardim

Rijksmuseum - Amsterdã | Jardim

Rijksmuseum - Amsterdã | Jardim
A água desta fonte sobe alto, depois pára, e volta a subir. Quando ela desce, turistas entram no círculo para ficar lá dentro enquanto a água subir novamente.

Rijksmuseum - Amsterdã | Jardim

Rijksmuseum - Amsterdã | Jardim
Serviço de bebidas no jardim.

Rijksmuseum - Amsterdã | Jardim

Rijksmuseum - Amsterdã | Jardim

Rijksmuseum - Amsterdã | Jardim

Rijksmuseum - Amsterdã | Jardim

Rijksmuseum - Amsterdã | Jardim

 

Museumplein

Seguimos nosso caminho fora do museu.

Agora, sim, vemos o famoso “I AMSTERDAM”. Nessa área, enorme, encontramos algumas lanchonetes e uma loja inspirada nos museus da região. Aproveite para beber, comer… e comprar umas lembranças. (Ou vai àquela loja comprar uns diamantes?)

Letreiros I AMSTERDAM

Letreiro I AMSTERDAM

Letreiro I AMSTERDAM
Também há um letreiro desses em frente do Aeroporto Schiphol.

Museumplein

Museumplein

Loja na Museumplein
A loja.
Cobra Café, na Museumplein
Cobra Café. Eu vim aqui.

 

Espero que você goste dessa visita tanto quanto eu.

Quer acompanhar novidades do Rijksmuseum? Siga a página deles no Facebook.

Transporte público em Amsterdã | Tram | Um veículo passa atrás do Rijksmuseum
Cena muito típica de Amsterdã: um Tram e diversas bicicletas diante de uma parte do prédio do Rijksmuseum.

Bons passeios!

By GLAUCO DAMAS

Moro em Portugal. Atuo como autor desde 2001. Publiquei livros infanto-juvenis, inclusive pela Editora Saraiva. Em 2013, surgiram o primeiro livro técnico e o primeiro guia de viagem.

Deixe um comentário