Categories
Turismo

Show de Sons e Luzes nas Grandes Pirâmides e na Esfinge emociona os turistas

Todo turista no Egito quer visitar o complexo das Grandes Pirâmides e da Esfinge. Elementar, meu caro leitor. Não conhecer a área seria o mesmo que visitar Paris sem ver a Torre Eiffel.

Muitas pessoas ainda não sabem que há um forte motivo para ir ao complexo uma segunda vez. Enfim, repetir a visita… mas à noite.

À noite? Isso eu não entendi, Glauco. Já ouvi falar que a área fecha para visitas à tarde. Então o que eu faria lá à noite?

O complexo fecha à tarde para as visitas normais – quem deseja ver de perto as Grandes Pirâmides e a Esfinge. Quem sabe, até entrar em uma das pirâmides. E à noite?

O título deste artigo antecipa a resposta. Se falamos de show de sons e de LUZES, pensamos em algo que deve acontecer À NOITE. E aí está um dos grandes momentos do turismo no Egito.

Um show que é mais uma emoção na terra das emoções

Show de Sons e Luzes

Gizé

Esse tipo de show é tradição no Egito. São muito interessantes os que acontecem em Gizé, Luxor, Abu Simbel. O tema deste artigo é o show mais famoso de todos: o de Gizé, por ter as Grandes Pirâmides e a Esfinge como fenomenais estrelas do espetáculo.

Chorando de emoção.

E que espetáculo!

Por causa deste blog e do Meu Egito (turismo no Egito), muitos turistas conversam comigo depois da viagem. É comum dizerem que derramaram algumas lágrimas de emoção.

Uau! Glauco, agora me dá uma curiosidade ENORME de estar nesse show. Eu quero detalhes!

Claro. Detalhes e muitas fotos (e daqui a poucos dias este artigo será actualizado para incluir um VÍDEO).

Antes do show

Mostro agora como é desde o início.

Preparado?

Venha comigo.

Entrada do Show de Sons e Luzes em Gizé.

A foto acima mostra a entrada. Aqui, adquirimos os bilhetes.

Placa no Show de Sons e Luzes em Gizé.
Bilhete de entrada do Show de Sons e Luzes em Gizé.

Quando cruzamos a entrada, nosso coração já bate mais depressa. O horizonte é escuro, por isso não conseguimos enxergar ainda as Grandes Pirâmides e a Esfinge lá no fundo. Mas saber que elas estão ali faz nossa alma vibrar intensamente.

(Artigo continua após este recado.)
Turismo no Egito? Conheça o Meu Egito. Eu mesmo, G. DAMAS, lá recomendo os melhores guias de turismo egípcios — aqueles em quem eu mais confio. Em um destino exótico e complexo como esse, a sua viagem está nas mãos dos guias. Por isso, tenha preocupação com qualidade. Para saber mais, siga depois AQUI.

Início da visita.
Controle na entrada, com detector de metais.
Área após a entrada.
Vista contrária, de dentro para a portaria.
Área depois da entrada.
Avançamos em direção aos assentos para o público.

Avançamos até uma área com centenas de cadeiras. São dispostas de maneira que o público fique de frente para as Grandes Pirâmides e a Esfinge. Procure logo o seu bom lugar (não são numerados).

Se você foi esperto e chegou uns bons minutos antes do espetáculo, tem agora tempo para explorar a área e dedicar-se a fotos e vídeos. Quem sabe… fazer um vídeo ao vivo nas redes sociais, exibindo toda a sua emoção de estar ali!

Quando seus olhos acostumam-se com a escuridão, fica mais fácil distinguir as Grandes Pirâmides e a Esfinge. PREPARE SEU FÔLEGO!

Pirâmides e Esfinge.
Antes de mostrar as fotos do momento, em escuridão, eu mostro o mesmo cenário durante o dia. Fotografei isto em uma de minhas visitas. Aqui e na próxima foto, vemos parte das cadeiras. Note a posição das Grandes Pirâmides e da Esfinge com relação a elas.
Cadeiras para o show.
Cenário escuro antes do show.
Ainda mal distinguimos as estrelas do espetáculo lá no fundo.
Antes do show.
E de repente… um pouco menos escuro. Impossível resistir a uma foto! 😉

Como é o show

Lembre-se de que falamos de um espetáculo de SONS e de LUZES.

Primeiro, os sons.

A trilha sonora é intensa, vibrante. Um estilo de trilha sonora de filmes épicos como Cleópatra, Quo Vadis, Ben-Hur. Faz tremer até o chão. E, junto, vibram o nosso corpo, a nossa alma, até mesmo os nossos pensamentos.

A narração surge em uma voz masculina também intensa, grave, envolvente, em estilo daqueles mesmos filmes épicos. Conta parte da História do Egito.

O que vemos enquanto ouvimos a trilha sonora e a narração? Oh, esta é a parte das luzes. Na verdade, luzes e imagens.

As Grandes Pirâmides e a Esfinge iluminam-se em diferentes cores e intensidades. Também há projeções de figuras históricas, inclusive em umas ruínas mais à frente – mais perto do público.

Imagine tudo isso… a céu aberto… você sabendo que está a poucos metros daquelas Maravilhas da Humanidade. Imagine! Imagine a emoção! Entenda agora que não é exagero dizer que muitas pessoas derramam lágrimas.

Glauco, eu quase choro só de imaginar isso, porque eu amo o Egito. Imagino mesmo ver pessoalmente! Aliás, onde estão as prometidas fotos?

Bem lembrado. Está na hora, enfim, de exibir várias fotos.

Cenas do Show de Sons e Luzes em Gizé.
Cenas do Show de Sons e Luzes em Gizé.
Cenas do Show de Sons e Luzes em Gizé.
Cenas do Show de Sons e Luzes em Gizé.
Cenas do Show de Sons e Luzes em Gizé.
Cenas do Show de Sons e Luzes em Gizé.
Cenas do Show de Sons e Luzes em Gizé.
Cenas do Show de Sons e Luzes em Gizé.
Cenas do Show de Sons e Luzes em Gizé.

Gostou?

Eu amei!

Ótimo. Então, para finalizar, eu tenho algumas

Dicas e alertas

Primeiro, umas palavras sobre a compreensão do show.

O áudio é originalmente em inglês. Narração em tom didático, fácil. Se mesmo assim for impossível para você, peça fone de ouvido com tradução simultânea.

Estranhamente, não há fone para tradução em português, apesar dos muitos milhares de turistas falantes da língua portuguesa que visitam o Egito todos os anos. O mais próximo disso é o fone em espanhol. Se você não entender perfeitamente, poderá ao menos perceber o sentido do que é falado.

De qualquer maneira, mesmo que você se enquadre nessa dificuldade, eu ainda assim digo que vale a pena a visita.

Mudemos agora para clima.

À noite, é comum a temperatura estar bem mais baixa naquela área, em comparação com o dia. Mesmo no verão. Portanto, pense em um agasalho. Um agasalho leve se for verão, mas tenha-o consigo.

Que você possa viver essa grande emoção no Egito!

By GLAUCO DAMAS

Moro em Portugal. Atuo como autor desde 2001. Publiquei livros infanto-juvenis, inclusive pela Editora Saraiva. Em 2013, surgiram o primeiro livro técnico e o primeiro guia de viagem.

Deixe um comentário