Categories
Turismo

Turismo no Egito durante o inverno

Inverno no Egito

Egito tem imagem tradicionalmente ligada a calor. Sol escaldante, deserto, suor, chapéu marcam as fotos de turistas e de arqueólogos.

Vários anos atrás, quando eu não tinha experiência em Egito, uma pessoa me falou de visitar o país no inverno. Eu achei um absurdo. Detesto calor, por isso não viajo com o mesmo prazer — a nenhum país — durante o verão. Mas sempre tive o Egito como exceção. O calor tinha que fazer parte do cenário. Aparecer de casaco em frente das Grandes Pirâmides? Não, obrigado! Seria uma descaracterização do Egito!

A vida me ensinou que mudar de idéia pode ser uma coisa muito saudável. Com o tempo, eu entendi as enormes vantagens de visitar o Egito durante o inverno. E muitas pessoas estão a enxergar a mesma coisa.

.

O Egito no inverno

Depois de uma crise que abalou o país por alguns anos, o Egito tem comemorado cada vez mais o crescimento do turismo. Incrivelmente, é o inverno que tem aparecido como rei (ou faraó?). Já são comuns as coberturas da mídia que falam até de uma preferência geral do público pelo inverno para visitar o país.

Mas… QUAL o motivo disso, Glauco? Eu ainda não consigo entender.

Siga comigo e entenderá.

Karnak | Egito no inverno

.

Vantagens

Visitar o Egito no verão exige mais de nossa resistência física. O calor maltrata.

Suamos muito, a respiração fica mais pesada, cansamos mais facilmente. Podemos não suportar um período mais longo dentro de um templo (no interior das Grandes Pirâmides, pior ainda). Há certa impaciência para ouvir todas as explicações dos guias. Smartphones e câmaras fotográficas ficam tão quentes que às vezes nem conseguimos segurar. Na fase do delicioso cruzeiro no Rio Nilo, não suportamos ficar muito tempo no convés do navio durante o dia. Alguns passeios exigem saída com o guia muito cedo, ainda de madrugada, para evitar a visita em período de sol mais intenso (é o caso de Abu Simbel).

(Artigo continua após este recado.)
Turismo no Egito? Conheça o MEU EGITO. Eu mesmo, G. DAMAS, lá recomendo os melhores guias de turismo egípcios — aqueles em quem eu mais confio. É uma parceria oficial. Lembre-se: em um destino exótico e complexo como esse, a sua viagem está nas mãos dos guias. Por isso, tenha preocupação com qualidade. Para saber mais, siga depois AQUI.

Sentiu sufoco só de pensar? Agora imagine o oposto: inverno. As dificuldades citadas acima desaparecem. Cada momento vivido no país ganha um toque mais agradável.

Não há aquela tradicional neurose com protetor solar, chapéu, roupas trocadas tantas vezes devido ao calor. Respiramos melhor. Entrar nas Grandes Pirâmides torna-se uma aventura muitíssimo menos penosa. Smartphones e câmaras fotográficas trabalham com alívio. As pessoas ouvem com mais paciência as palavras dos guias. Caminhar passa a ser uma atividade prazerosa, por isso prestamos mais atenção a nosso redor. Não queremos litros e litros e litros de água o dia todo.

Como você prefere seu dia-a-dia no país?

O problema, Glauco, é que eu não gosto de frio. Detesto! Abomino! Ódio mortal!

Aí está o segredo. O Egito não tem inverno rigoroso. “Frio” no Cairo, por exemplo, significa uns 16, 17 graus. Dá para aguentar muito bem — mesmo quem não prefere o frio.

Egito no inverno | Gizé

.

Desvantagens

Tudo na vida tem aspectos positivos… e negativos.

A primeira desvantagem a ser citada são os preços. Com o aumento da procura pelo inverno, é natural que preços subam nesse período. Sem exagero, mas é um fato a considerar.

A outra desvantagem envolve turistas que vão a locais ligados a mar, como Hurghada e Sharm el-Sheikh. Inverno não é a melhor época para visitar um lugar desses. Falamos de água, de mar, de mergulho.

Os turistas desaparecem desses locais no inverno? Não. Há menos pessoas, é claro, mas ainda encontramos um razoável número delas. Afinal, as temperaturas por ali costumam ser mais altas que no Cairo. Talvez fiquem na faixa de 21, 22 graus. Não podemos falar em frio, portanto, mas preciso registrar que essas não são as melhores temperaturas para apreciar a natureza local.

Egito no inverno | As Grandes Pirâmides

Eu não posso deixar de pensar em uma coisa. Ainda considero visitar o Egito durante o outono ou a primavera. Só o inverno pode oferecer vantagens?

Não. Primavera e outono são ótimos períodos para a visita. Detalhes sobre essa resposta você encontra em outro artigo aqui no blog.

Sendo inverno, verão, outono ou primavera, eu desejo que você viva dias incríveis no Egito. Como eu SEMPRE digo: Egito é a viagem da minha vida.

By GLAUCO DAMAS

Moro em Portugal. Atuo como autor desde 2001. Publiquei livros infanto-juvenis, inclusive pela Editora Saraiva. Em 2013, surgiram o primeiro livro técnico e o primeiro guia de viagem.

1 reply on “Turismo no Egito durante o inverno”

Deixe um comentário