Categories
Tecnologia Turismo

Venda de Kindle em aeroportos internacionais

Para quem não mora nos Estados Unidos, a compra de um Kindle envolve dois custos extras: impostos e entrega internacional. A situação fica muito mais complicada no Brasil, devido aos impostos demoníacos. O Brasil bate mais um recorde típico: o Kindle mais caro do planeta (para fazer lado ao iPhone mais caro do planeta, ao iPad mais caro do planeta, ao Big Mac mais caro do planeta, aos carros mais caros do planeta, etc.).

Se você deseja comprar um Kindle e está de viagem marcada para o exterior, espere um pouco. O aparelho é vendido pelo web site da Amazon, mas há algumas exceções em lojas físicas. Tenho visto isso em aeroportos internacionais (não brasileiros).

Voltei da Inglaterra no final de semana passado. Vi o aparelho à venda nos aeroportos. No Aeroporto Gatwick, por exemplo, havia pilhas e pilhas de Kindle em duas lojas. Qual a grande vantagem? Na verdade, duas vantagens: preços mais baixos que os oficiais na Amazon.com e o bye-bye às despesas de entrega. Você já sai dali com o seu Kindle! Fantástico, não?

Também há Kobo e Nook à venda, mas… ahn… Kindle é Kindle. 😉

By GLAUCO DAMAS

Moro em Portugal. Atuo como autor desde 2001. Publiquei livros infanto-juvenis, inclusive pela Editora Saraiva. Em 2013, surgiram o primeiro livro técnico e o primeiro guia de viagem.

2 comentários a “Venda de Kindle em aeroportos internacionais”

Deixe um comentário